Saiba para que serve e onde encontrar a Vitamina D

PUBLICIDADE

A principal função da vitamina D no organismo é facilitar a absorção de cálcio pelo organismo, que é essencial para o desenvolvimento saudável dos ossos e dos dentes. Além de melhorar a saúde óssea, a vitamina D previne doenças como obesidade e diabetes.

A vitamina D é importante para regulação do metabolismo ósseo, e age como hormônio mantendo em quantidades adequadas o cálcio e fósforo presentes no sangue, através do aumento ou diminuição da absorção desses componentes no intestino delgado.

PUBLICIDADE

Funções da vitamina D

As funções da vitamina D no organismo são:

  • Aumentar a absorção do cálcio e do fósforo no intestino;
  • Fortalecer ossos e dentes, tornando-os mais saudáveis;
  • Prevenir doenças como obesidade, diabetes, hipertensão e esclerose múltipla;
  • Aumentar a produção de músculos;
  • Melhorar o equilíbrio;
  • Fortalecer o sistema imunológico;
  • Melhorar a saúde cardiovascular;
  • Prevenir alguns tipos de câncer, como os de cólon, de reto e da mama;
  • Prevenir o envelhecimento precoce.

Os benefícios da vitamina D são obtidos através do consumo regular de alimentos ricos nessa vitamina e da exposição solar, que ativa a produção de vitamina D na pele.

Onde encontrar a vitamina D

A vitamina D pode ser encontrada em alimentos como peixes, frutos do mar, óleo de fígado de bacalhau, gema de ovo e leite e derivados. Confira aqui uma lista de alimentos ricos em vitamina D.

Outra fonte natural de vitamina D é a sua produção na pele a partir da exposição aos raios solares. Por isso, para produzir quantidades adequadas de vitamina D, pessoas de pele clara devem ficar ao sol durante pelo menos 15 minutos por dia, enquanto pessoas de pele negra precisam de cerca de 1 hora de exposição solar diária.

Além das fontes naturais, a vitamina D também pode ser encontrada na forma de suplementos em cápsulas ou em gotas, que só devem ser usados em casos de deficiência dessa vitamina. A quantidade de suplemento a ser tomada varia de acordo com a idade, a dose do medicamento e o grau de deficiência vitamínica, e crianças e mulheres grávidas só devem tomar o suplemento de vitamina D de acordo com orientação médica. Veja mais em Suplementos de vitamina D.

Alimentos ricos em vitamina DAlimentos ricos em vitamina D
Suplemento de vitamina DSuplemento de vitamina D

Necessidade diária de vitamina D

A quantidade necessária de vitamina D por dia varia de acordo com a idade:

  • Crianças até 1 ano: 10 mcg;
  • Crianças maiores de 1 ano e adultos: 15 mcg;
  • Idosos com mais de 70 anos: 20 mcg;
  • Gestantes: 15 mcg.

Em geral, apenas a alimentação não é suficientes para suprir as necessidades diárias de vitamina D, e por isso é importante a exposição solar diária para se ter uma produção adequada dessa vitamina. A falta de vitamina D no organismo é identificada através de um exame de sangue chamado 25(OH)D, e o diagnóstico de deficiência é feito quando se tem resultados menores que 30 ng/ml.

Sintomas de deficiência em vitamina D

Os sintomas de deficiência de vitamina D no organismo são:

  • Diminuição do cálcio e do fósforo no sangue;
  • Dor e fraqueza muscular;
  • Enfraquecimento dos ossos;
  • Osteoporose nos idosos;
  • Raquitismo nas crianças;
  • Osteomalácea.

A absorção e a produção de vitamina D estão prejudicadas em algumas doenças, como insuficiência renal, lúpus, doenças de Chron e doença celíaca. Veja mais em: Sinais que podem indicar a falta de vitamina D.

Consequências do excesso de vitamina D

As consequências do excesso de vitamina D no organismo são o enfraquecimento dos ossos e a elevação dos níveis de cálcio na corrente sanguínea, o que pode levar ao desenvolvimento de pedras nos rins e arritmia cardíaca.

Os principais sintomas do excesso de vitamina D são falta de apetite, náuseas,vômitos, aumento da frequência urinária, fraqueza, hipertensão arterial, sede, coceira na pele e nervosismo. No entanto, o excesso de vitamina D só ocorre devido ao uso exagerado de suplementos dessa vitamina.

PUBLICIDADE