Papanicolau

publicidade

O Papanicolau, também conhecido por preventivo, é um exame ginecológico que serve para detectar alterações no colo do útero, como inflamações, doenças sexualmente transmissíveis, como HPV, ou o câncer do colo do útero.

Para fazer o exame do papanicolau, o ginecologista passa uma escova especial no epitélio escamoso do colo do útero, retirando uma pequena amostra de células, que será avaliada no laboratório.

O papanicolau não dói, mas a mulher pode sentir um desconforto ou pressão no interior da vagina quando o médico faz a raspagem das células do útero.

Fotos do Papanicolau

Para que serve o Papanicolau

O exame de papanicolau serve para identificar alterações no útero, que podem incluir:

  • Infecções vaginais, como tricomoníase ou candidíase;
  • Doenças sexualmente transmissíveis, como clamídia ou gonorreia ou sífilis;
  • Infecção por HPV;
  • Câncer de colo do útero;

O papanicolau deve ser feito pelo menos uma vez por ano, por todas as mulheres que já iniciaram a vida sexual. O exame também pode ser feito por mulheres virgens após os 21 anos, utilizando material especial e apenas segundo orientação do médico.

Veja como se preparar para o papanicolau em: Como é feito o exame papanicolau.

Resultados do Papanicolau

Os resultados do Papanicolau podem ser:

  • Classe I ou Dentro dos limites normais: Normal;
  • Classe II ou Alteração celular benigna: Inflamação vaginal;
  • Classe III, NIC 1, 2 ou 3 ou SIL de baixo ou alto grau: leve alteração nas células do colo do útero;
  • Classe IV; NIC 3 ou SIL de alto grau: Início do câncer de colo de útero
  • Classe V: Câncer de colo de útero podendo atingir outras áreas

De acordo com o resultado do exame, o ginecologista dirá quais os exames e o tratamento adequado. No caso de o resultado do papanicolau ser 4 ou 5, pode ser feita uma consulta de oncologia e uma colposcopia complementar para ajudar no tratamento.

Papanicolau na gravidez

O papanicolau pode ser feito na gravidez até no máximo o quarto mês, principalmente na primeira consulta de pré-natal, caso a mulher não o tenha feito recentemente.

Além disso, o exame é seguro para o bebê, pois não interfere com a cavidade uterina e o feto.

Quando fazer o Papanicolau

É recomendável que o papanicolau seja realizado anualmente e que seja iniciado um ano após o primeiro contato íntimo. Se após 2 anos consecutivos os resultados dos exames forem normais, a mulher pode realizar o exame a cada 3 anos.

A mulher não deve fazer o exame no período da menstruação, pois o sangue pode alterar os resultados.

Links úteis:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 21/10/2014 Última atualização da página: 01/09/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.