Pancreatite Aguda

publicidade

A pancreatite aguda é a inflamação do pâncreas que pode ocorrer devido ao consumo excessivo de bebidas alcoólicas e gera como principal sintoma a forte dor abdominal que surge de repente e é extremamente incapacitante. Seu tratamento consiste na toma de medicamentos em meio hospitalar e por vezes, pode ser necessário realizar uma cirurgia.

Sintomas da pancreatite aguda

São sintomas da pancreatite aguda:

  • Intensa dor abdominal na parte superior do abdômen;
  • Inchaço abdominal;
  • Suor excessivo;
  • Taquicardia (aumento da frequencia cardíaca));
  • Enjoo;
  • Vômito;
  • Febre.

Diagnóstico da pancreatite aguda

Para o diagnóstico da pancreatite aguda recomenda-se:

  • Observação do paciente e de seus sintomas;
  • Ouvir a história clínica do indivíduo, pois hábitos e alimentação são importantes para direcionar para esta doença;
  • Realizar exames como: hemograma, raio x abdominal, ressonância, ultrassom ou tomografia computadorizada.

Causas da pancreatite aguda

Possíveis causas da pancreatite aguda são:

  • Traumatismo abdominal;
  • Pedras na vesícula;
  • Triglicerídeos altos;
  • Infecção viral;
  • Toma de medicamentos.

Tratamento para pancreatite aguda

O tratamento para pancreatite aguda consiste em internar o paciente em meio hospitalar e deixá-lo em jejum, sendo hidratado com soro fisiológico na veia. Este procedimento consegue aliviar a dor em cerca de 80% dos casos pois diminui a atividade do pâncreas. Depois deve-se verificar a necessidade da toma de medicamentos:

  • Analgésicos, anti-inflamatórios, inibidores da enzima pancreática,
  • Antibióticos, heparina e vasopressina.

Se com este tratamento o indivíduo não alcançar a cura da pancreatite, pode ser necessário realizar uma cirurgia para retirada de pedras na vesícula ou retirar parte do pâncreas.

Dieta para pancreatite aguda

A dieta para pancreatite aguda consiste em jejum no 1º dia de internamento hospitalar. Quando o tratamento medicamentoso ou cirúrgico alcançar seus objetivos deve-se iniciar a dieta oral dando preferência ao consumo de:

  • alimentos ricos em carboidratos e em proteínas magras;
  • frutas, legumes, verduras e vegetais,
  • beber bastante água.

É muito importante que o paciente não consuma alimentos fonte de gordura pois estes alimentos necessitam das enzimas produzidas pelo pâncreas para serem corretamente digeridos e nesta fase, o pâncreas deve descansar para se recuperar.

Links úteis:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 29/07/2014 Última atualização da página: 12/05/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.