Leucorréia: doença da mulher

publicidade

A leucorréia é o nome que se dá ao corrimento vaginal, que pode ser crônico ou agudo, podendo também provocar coceira e irritação genital. Seu tratamento é feito com o uso antibióticos ou antifúngicos em dose única ou durante 7 ou 10 dias dependendo de cada situação.

Causas da leucorréia

O fluxo vaginal ou corrimento pode ser causando por diversas doenças do aparelho reprodutor, como a inflamação dos ovários ou do útero, candidíase ou mesmo uma simples alergia, por isso um diagnóstico bem feito e o método ideal para identificar e tratar sua causa de forma eficiente.

Como identificar a leucorréia

O ginecologista é o médico indicado para avaliar a leucorréia, ele poderá fazer o diagnóstico ao observar o órgão genital, a calcinha, ao avaliar o pH da vagina e se necessário poderá solicitar o papanicolau para maiores esclarecimentos.

Tratamento para leucorréia

Seu tratamento é feito com o uso de medicamentos como:

  • 150 mg de Fluconazol por semana, durante 1 a 12 semanas;
  • 2g de Metronidazol em dose única ou 2 comprimidos de 500mg durante 7 dias consecutivos;
  • 1g de Azitromicina em dose única ou
  • 1g Ciprofloxacina em dose única.

As infecções podem ser causadas pelo contato íntimo desprotegido e por isso o tratamento dos parceiros são recomendados para o tratamento alcançar resultados.

Referência Bibliográfica

 

OLIVEIRA RMW. Corrimento vaginal: causa, diagnóstico e tratamento farmacológico. Acesso em Nov. 2011.

Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última data de atualização do site: 15/04/2014 Última data de atualização da página: 27/01/2013
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.