Leucemia Mielóide Aguda

publicidade

A leucemia mielóide aguda é um tipo de câncer caracterizado pela incapacidade de produzir células sanguíneas normais. Este tipo de leucemia se prolifera muito rápido, e afeta indivíduos de todas as idades, mas principalmente os adultos. 

A leucemia mielóide aguda pode ser causada por exposição a doses elevadas de radiação e pela quimioterapia utilizada no tratamento de outros tipos de câncer.

As células cancerígenas se acumulam na medula óssea e são liberadas na corrente sanguínea, por onde são enviadas para outros órgãos do corpo, onde continuam crescendo e se desenvolvendo.

Leucemia mielóide aguda tem cura

A cura da leucemia mieloide aguda pode ser alcançada através da poliquimioterapia e uso de medicamentos para evitar ou tratar infecções e hemorragias e para diminuir o risco de afetar o sistema nervoso central. No caso da leucemia mieloide o tratamento inicial dura aproximadamente 2 meses e depois cerca de mais 1 ano para que então a doença seja curada. O tratamento é intensivo, realizado com internamento hospitalar.

Sintomas de leucemia mielóide aguda

São sinais e sintomas da leucemia mieloide aguda:

  • Fadiga, fraqueza, palidez, anemia;
  • Tendência a hemorragia nasal e aumento do fluxo menstrual;
  • Dor nas articulações e manchas na pele;
  • Febre;
  • Suor noturno exagerado que chega a molhar o pijama;
  • Dor de cabeça;
  • Inchaço dos gânglios linfáticos;
  • Tosse inespecífica;
  • Aumento do baço e do fígado;
  • Sangramento intestinal.

Quando se trata da leucemia mieloide aguda o indivíduo poderá apresentar estes sinais e sintomas até 3 meses antes do diagnóstico.

O diagnóstico da leucemia mielóide aguda pode ser feito através do hemograma que permite observar a presença de glóbulos brancos muito imaturos, e confirmado através da biópsia da medula óssea.

Tratamento para leucemia mielóide aguda

O tratamento para leucemia mielóide aguda poderá ser realizado através de quimioterapia ou transplante de medula óssea, em alguns casos. A quimioterapia poderá incluir a toma de medicamentos como citarabina durante 1 semana e daunorubicina durante 3 dias, e ainda tioguanina ou vincristina e prednisona.

O tratamento diminui a quantidade de glóbulos brancos no corpo, e deixa o paciente vulnerável a infecções, e sintomas como cansaço, fadiga e anemia. Se houver infecção seu tratamento deve ser feito com antibióticos. Alguns meses após o tratamento inicial, o paciente é submetido a uma quimioterapia adicional, que garante a eliminação do maior número de células cancerígenas possível.

Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última data de atualização do site: 17/04/2014 Última data de atualização da página: 26/08/2013
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.