Como tratar uma lesão nos ligamentos do joelho

Uma lesão nos ligamentos do joelho é uma situação de emergência potencialmente grave que, se não for tratada rapidamente, pode ter consequências desagradáveis.

Os ligamentos do joelho servem para dar estabilidade a esta articulação, assim, quando um dos ligamentos está rompido ou comprometido, o joelho fica instável e causa muita dor.

Na maioria das vezes, uma lesão nos ligamentos do joelho é causada por um grande esforço repentino. O tratamento para tal lesão, muitas vezes, é cirúrgico, seguido de alguns meses de fisioterapia e repouso, mas inicialmente pode ser necessário usar uma joelheira para evitar os movimentos do joelho.

Como tratar uma lesão nos ligamentos do joelho

Tratamento fisioterapêutico para o joelho

O tratamento fisioterapêutico para a reabilitação do joelho deve ser escolhido pelo próprio fisioterapeuta que irá tratar o indivíduo. Algumas técnicas que ele poderá utilizar são:

  • Laser: para diminuir a dor e facilitar a cicatrização;
  • Gelo: para diminuir o inchaço e anestesiar o local para a massagem transversa profunda;
  • Mobilização articular manual: para lubrificar a articulação, conferir amplitude de movimento e soltar aderências;
  • Mobilização da patela: para aumentar a flexão do joelho;
  • Tração do joelho: para aumento do espaço interarticular;
  • Corrente russa: para melhorar o tônus muscular da coxa anterior e posterior;
  • Exercícios com Thera-band: para ganho de força global com os músculos da coxa e da perna;
  • Exercícios de propriocepção com os olhos abertos e fechados.

Durante o tratamento fisioterapêutico, para a recuperação dos ligamentos do joelho, é normal que surjam algumas outras situações, tais como tendinite, dificuldade em dobrar e esticar a perna e fraqueza muscular, que também devem ser tratadas ao mesmo tempo.

Ligamento colateral medial ou lateral

O tratamento para reparação dos ligamentos colateral medial ou lateral podem ser realizados com fisioterapia e raramente requerem cirurgia. A fisioterapia deve ser iniciada logo após o diagnóstico e pode incluir o uso de aparelhos e exercícios prescritos pelo fisioterapeuta.

Para acelerar a recuperação pode ser necessário utilizar uma compressa de gelo exatamente no local da lesão durante cerca de 15 minutos, duas vezes ao dia, e usar uma joelheira para proteger o joelho de eventuais complicações.

Na clínica, o fisioterapeuta pode usar aparelhos como tens, ultrassom, laser, além de exercícios de alongamento e de fortalecimento muscular. A cirurgia pode ser indicada quando o ligamento foi completamente rompido, evidenciando lesão de grau 3, em atletas.

Ligamento cruzado anterior ou posterior

O tratamento para lesões nos ligamentos cruzado anterior ou posterior pode incluir sessões de fisioterapia ou, em alguns casos, cirurgia para reconstrução do ligamento, sendo esta indicada particularmente quando o joelho está com muita instabilidade ou o paciente é atleta.

Os aparelhos de fisioterapia podem ser úteis para facilitar a cicatrização e combater a dor mas o fortalecimento dos músculos da coxa e da parte de trás da perna são muito importantes para acelerar a recuperação.

Sinais de melhor e de piora

Os sinais de melhora incluem diminuição da dor, do inchaço e a capacidade de caminhar e se movimentar sem dor ou mancando, enquanto que os sinais de piora são exatamente o contrário.

Complicações das lesões no joelho

A principal complicação das lesões nos ligamentos do joelho são o aumento do risco de lesão nos meniscos do joelho, dor constante e instabilidade permanente do joelho, que podem ser evitadas com o tratamento indicado. Veja como identificar e tratar uma lesão nos meniscos aqui.

Veja também:

Mais sobre este assunto: