O que é a Labirintite e como Tratar

A labirintite é uma inflamação do ouvido que afeta o labirinto, uma região do ouvido interno responsável pela audição e equilíbrio. Esta inflamação causa tontura, vertigem, falta de equilíbrio, perda de audição, enjoo e mau estar geral e surge mais facilmente em idosos. 

Esta doença tem cura quando tratada desde inicio, e o seu tratamento geralmente envolve a toma de medicamentos, fisioterapia e a realização de uma alimentação anti-inflamatória para ajudar a reduzir a inflamação.

Sintomas que podem indicar Labirintite

Alguns sintomas que podem indicar a presença de uma inflamação do ouvido interno, incluem: 

  • Dor de cabeça constante;
  • Tontura e vertigem;
  • Perda do equilíbrio;
  • Perda da audição; 
  • Zumbido no ouvido;
  • Vômito e enjoo;
  • Mal-estar geral;
  • Sensação de desmaio;
  • Ansiedade;
  • Sensação de tensão nos músculos da face;
  • Movimentos involuntários dos olhos.
O que é a Labirintite e como Tratar

Estes sintomas podem surgir a qualquer momento, podendo persistir por minutos, horas, dias ou semanas, dependendo da pessoa para pessoa. Além disso, os sintomas tendem a agravar ou piorar em ambientes com muita luz ou com muito ruído.

Principais causas da Labirintite

A Labirintite é uma doença que pode ter diversas causas, que incluem: 

  • Infecção no ouvido;
  • Gripes ou resfriados;
  • Traumatismos na cabeça;
  • Efeito colateral de medicamentos;
  • Tumor cerebral;
  • Hipertensão;
  • Hiper ou hipotireoidismo;
  • Hiper ou hipoglicemia;
  • Colesterol alto;
  • Anemia;
  • Alergia;
  • Disfunção da articulação temporomandibular - ATM;
  • Doenças neurológicas.

O surgimento da labirintite está também muito ligado ao envelhecimento, pois é um problema que é mais comum em idosos, mas que pode também surgir em jovens. Além disso, outros fatores como cansaço excessivo, fadiga, excesso de estresse ou abuso de bebidas alcoólicas também podem provocar o surgimento desta inflamação.  

Como é feito o Tratamento

O tratamento para labirintite consiste na ingestão de medicamentos para labirintite, dieta e fisioterapia para tratar e reduzir a inflamação, e melhorar os problemas de equilíbrio. 

1. Remédios usados

Os remédios usados no tratamento da labirintite podem incluir:

  • Vasodilatadores como Atenol ou Adalat (Nifedipina) para melhorar a circulação sanguínea;
  • Remédios que tratam a tontura e a vertigem como Ondansetrom, Beta-histina ou Monotrean. 
  • Remédios que reduzem o enjoo como Metoclopramida ou Domperidona. 

Além destes remédios, pode ser recomendado pelo médico a utilização de outros medicamentos, pois o tratamento depende do que está causando a inflamação. 

O que é a Labirintite e como Tratar

Durante o tratamento existem outros cuidados que evitam o agravamento dos sintomas como evitar mudanças de posição repentinas e locais muito iluminados,por exemplo. 

2. Alimentação anti-inflamatória

A alimentação anti-inflamatória pode ser um forte aliado no tratamento da Labirintite, pois tem por objetivo reduzir a produção de substâncias no corpo que estimulam a inflamação. Assim, é recomendado: 

  • Evitar alimentos que aumentam a inflamação como açúcar, enlatados, queijos amarelos, chocolate, carnes processadas, biscoitos, bolos, sal, refrigerantes, fast food, bebidas alcoólicas ou comida pronta e congelada. 
  • Consumir alimentos anti-inflamatórios como alho, cebola, açafrão, caril, peixes ricos em ômega-3, como atum, sardinha e salmão, laranja, acerola, goiaba, abacaxi, romã, cereja. morango, castanha, noz, abacate, brócolis, couve-flor, gengibre, óleo de coco, azeite e sementes como linhaça, chia e gergelim.
  • Beber chás para manter a hidratação e controlar a náusea e o vômito. Alguns chás com este efeito incluem o chá de gengibre ou o chá de manjericão, por exemplo. 

Este tipo de alimentação combate eficazmente a inflamação, pois aumenta os níveis de antioxidantes no corpo, diminuindo assim a inflamação. Veja como fazer uma alimentação anti-inflamatória em Alimentação anti-inflamatória combate doenças e ajuda a emagrecer

3. Fisioterapia 

As sessões de fisioterapia também são importantes no tratamento da Labirintite, pois irão ajudar a melhorar os problemas de equilíbrio associados a esta inflamação. Durante as sessões, o fisioterapeuta irá investir na mobilização da cabeça do paciente, de forma a reposicionar os cristais presentes no ouvido e assim, melhorar o equilíbrio. 

Porque surge a Labirintite na gravidez?

Muitas vezes, a Labirintite surge durante o período de gestação, devido ás alterações hormonais que ocorrem durante este período e que provocam retenção de líquido no labirinto. Esta retenção de líquido provoca uma inflamação e conduz a um episódio de labirintite. 
Os sintomas sentidos pela grávida são os mesmos e o tratamento também deve incluir a toma de remédios, uma alimentação anti-inflamatória e fisioterapia. 

O que é a Labirintite emocional? 

A Labirintite emocional surge quando existem outros problemas como ansiedade ou depressão, que conduzem ao surgimento desta inflamação. Nestes casos, além do tratamento recomendado, é indicada a realização de psicoterapia, de forma a tratar em simultâneo os problemas emocionais existentes. Saiba mais sobre a labirintite emocional em Labirintite pode ser Emocional

Mais sobre este assunto: