Saiba o que pode deixar o Joelho Estalando

Os estalos nas articulações, cientificamente chamado de crepitação articular normalmente acontecem devido ao atrito entre os ossos presente na articulação e devido a uma diminuição na produção de líquido sinovial dentro desta.

Na maioria das vezes, o joelho estalando não representa nenhuma doença especial e por isso não precisa de tratamento específico. No entanto, a permanência deste sinal pode indicar que é preciso fortalecer os músculos das pernas e coxas porque isso diminui o risco de atrito e também melhorar naturalmente a lubrificação da cápsula articular.

Para se certificar de que o joelho está estalando você pode tentar agachar um pouco com a mão sobre o joelho e observar se ouve algum som ou se sente a crepitação na articulação. Nem sempre é possível ouvir o estalido, mas é comum sentir o atrito da patela ao agachar.

Saiba o que pode deixar o Joelho Estalando

Se além dos estalos você sentir dor nos joelhos, veja o que pode fazer para aliviar a dor em casa enquanto espera pela consulta médica.

Principais causas da crepitação do joelho

As causas mais comuns de crepitação nos joelhos são:

1. Excesso de peso

Sempre que a pessoa está acima do seu peso ideal, os joelhos são submetidos a uma carga superior à que deveria aguentar. Neste caso toda a estrutura pode estar comprometida, e é comum haver queixas como dor ao caminhar, ao fazer exercícios ou esforços como subir ou descer escadas.

Como tratar: Neste caso é importante perder peso fazendo uma dieta hipocalórica indicada por um nutricionista e praticar exercícios de baixo impacto, como caminhadas por locais planos utilizando um tênis de corrida porque estes absorvem mais impacto e por isso protegem as articulações.

2. Artrose no joelho

Acontece quando há um desgaste da articulação, que pode acontecer devido a uma pancada, traumatismo ou idade, havendo aproximação entre os ossos da coxa e da perna, havendo dor e por vezes, inchaço.

Como tratar: Pode-se usar compressas frias ou quentes, exercícios, anti-inflamatórios sob orientação médica e por vezes, cirurgia para colocação de prótese no joelho. Veja alguns exercícios indicados aqui.

3. Corpo desalinhado

Um desalinhamento do corpo, mesmo que microscopicamente também pode deixar os joelhos estalando por um mecanismo de compensação e por isso deve ser avaliada a postura corporal e as articulações da coluna vertebral, quadris e tornozelos.

Como tratar: Fazer exercícios como Pilates, Natação podem ser úteis, mas uma técnica fisioterapêutica chamada Reeducação Postural Global alcança excelentes resultados porque ela promove o realinhamento de todo o corpo, diminuindo a sobrecarga sobre as articulações e as compensações dos músculos.

4. Alterações na patela

O joelho estalando também pode ser um sinal de crepitação patelar, que pode ser causada também por uma artrose, ocasionada pelo processo natural de envelhecimento, uma pancada ou inflamação ou uma doença chamada condromalácia patelar. Caso o joelho só esteja estalando mas não tenha dor e nenhuma limitação associada, não é necessário nenhum tipo de tratamento específico.

Como tratar: Pode ser preciso fazer sessões de fisioterapia utilizando aparelhos e exercícios para alinhar a patela e diminuir este desconforto. 

Quando ir ao médico ou fisioterapeuta

É importante ir ao médico ou ao fisioterapeuta se além de ouvir que o joelho está estalando você observar:

  • Dor ao movimentar os joelhos, ao subir ou descer escadas ou agachar;
  • Se o joelho estiver avermelhado ou inchado;
  • Se você achar que o joelho está fora do lugar.

Quando estes sintomas estão presentes podem indicar artrite, artrose, rupturas ou inflamação nos ligamentos ou meniscos, e pode ser necessário fazer exames e tomar remédios ou sessões de fisioterapia para tratar.

Durante o tratamento fisioterapêutico, recomenda-se não pegar peso, não usar sapatos pesados e desconfortáveis e evitar ao máximo subir e descer escadas. Uma boa maneira de poupar um pouco esta articulação é colocar uma ligadura elástica no joelho durante o dia. No entanto, ela não deve ser muito apertada, para evitar problemas circulatórios.

Mais sobre este assunto: