Infecção intestinal infantil

publicidade

A infecção intestinal infantil é uma doença comum na infância que acontece quando o organismo está reagindo contra a entrada de vírus, bactérias ou fungos. As constantes diarreias e vômitos podem levar à desidratação da criança, que pode ser facilmente combatida com a ingestão de bastante água e soro caseiro.

Infecção intestinal em bebê

Na Infecção intestinal em bebê os vírus normalmente são contraídos através do contato com saliva e fezes contaminadas, o que pode acontecer na troca de fraldas ou no contato com brinquedos de uma criança doente.
Já as infecções bacterianas são mais graves e a transmissão se dá através do contato ou consumo de água contaminada, sucos, ingestão de comidas estragadas, frutas e legumes que estiveram em locais com animais infectados.

Sintomas de infecção intestinal infantil

Os sintomas de infecção intestinal infantil são:

  • diarreia,
  • dores abdominais intensas que fazem a criança chorar,
  • febre,
  • crises de vômito e
  • enjoo.

Nos casos mais graves de infecção bacteriana, também conhecida como disenteria, pode haver eliminação de sangue e de catarro nas fezes. A recuperação da criança varia de quatro a cinco dias, podendo chegar a uma semana. O enjoo e a febre geralmente desaparecem nos dois ou três primeiros dias.

A infecção intestinal infantil, após longo período de diarreia, pode trazer como complicações, lesões na mucosa intestinal, perda metabólica, desnutrição e desidratação.

Como tratar a infecção intestinal infantil

Na infecção intestinal infantil a prioridade deve ser a hidratação da criança. O ideal é a ingestão de líquidos em quantidade proporcional à perdida na evacuação. Deve-se oferecer água, chá com pouco açúcar, água de coco ou soro caseiro em pequenas quantidades a cada 10-15 minutos. Se a criança vomitar, a quantidade deve ser reduzida e a frequência aumentada.

Não é necessário dar remédios para combater a diarreia pois essa é uma reação de defesa do intestino, que está tentando eliminar o agente agressor. É preciso ter paciência e dar o tempo necessário para o corpo fazer a limpeza naturalmente. Os remédios para os enjoos também não são indicados pois a criança tem a tendência a vomitar a medicação oral, e em supositórios, o intestino irritado não consegue absorver a droga. Em relação aos analgésicos, deve-se usar apenas em casos de febre e dores no corpo.

Alimentação para Infecção intestinal infantil

Na alimentação para Infecção intestinal infantil os alimentos devem ser preparados sob a forma de purê, cozido, grelhado, sopa ou canja com pouco óleo e tempero; deve-se oferecer bolacha água e sal, maria ou maisena; os sucos devem ser coados e deve-se comer frutas ou vegetais somente sem casca.
É importante evitar frituras, pães a base de grãos integrais, cereais, farelos, salgadinhos industrializados, doces, bolacha recheada, chocolate, refrigerante e ter cuidado com o leite de vaca.

Prevenção da infecção intestinal infantil

A Prevenção da infecção intestinal infantil é feita através da adoção de bons hábitos de higiene, tais como lavar bem as mãos ao entrar e sair do banheiro, após a troca da fralda do bebê e antes das refeições. Deve-se também lavar os brinquedos que forem partilhados com outras crianças e oferecer ao bebê alimentos adquiridos em locais com boa higiene. Em casos de surto de infecção próximo à residência, dar preferência à água mineral ou fervida, ao invés da água filtrada.

Referência Bibliográfica

SOFIA FERNANDES, et al. Protocolo de parasitoses intestinais. Acesso em Mar. 2013.

Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última data de atualização do site: 24/04/2014 Última data de atualização da página: 16/03/2013
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.