Ibandronato de Sódio (Bonviva)

PUBLICIDADE

Bula de Ibandronato de Sódio (Bonviva)

O Ibandronato de Sódio, comercializado como Bonviva, é usado para tratar a osteoporose em mulheres após a menopausa e reduzir o risco de fraturas.

O Bonviva, produzido pelo laboratório Roche Químicos e Farmacêuticos, pode ser comprado em farmácias em forma de comprimidos ou injetável.

Preço do Bonviva

O preço do Bonviva varia entre 120 e 300 reais.

Indicações do Bonviva

O Bonviva está indicado no tratamento da osteoporose, que é caracterizada pelo enfraquecimento dos ossos, na pós-menopausa, para reduzir o risco de fraturas vertebrais.

Modo de uso do Bonviva

O modo de uso do Bonviva consiste na ingestão de 1 comprimido de 150 mg por mês, em jejum, 60 minutos antes da ingestão do primeiro alimento ou bebida do dia, exceto água, e antes da administração de qualquer outro remédio ou suplemento, inclusive cálcio, sendo que os comprimidos devem ser tomados sempre na mesma data a cada mês.

O comprimido deve ser tomado com um copo cheio de água filtrada, não devendo ser tomado com outro tipo de bebida como água mineral, água com gás, café, chá, leite ou suco, e o paciente deve tomar o comprimido de pé, sentado ou andando, não devendo deitar-se nos 60 minutos seguintes após a ingestão do comprimido.

Efeitos colaterais do Bonviva

Os efeitos colaterais mais comuns do Bonviva incluem diarreia, dor abdominal, náuseas, dificuldade na digestão, gazes, refluxo gastroesofágico, gastrite, esofagite, dor de cabeça, gripe, cansaço, dores musculares e nas articulações, cãibras, rigidez muscular e vermelhidão da pele.

Contraindicações do Bonviva

O Bonviva está contraindicado em pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula, em pacientes com hipocalcemia não corrigida, ou seja, com níveis baixos de cálcio no sangue, em pacientes que não conseguem ficar em pé ou sentado durante, pelo menos, 60 minutos, e em pacientes com problemas no esôfago, como demora no esvaziamento esofágico, estreitamento do esôfago ou ausência de relaxamento do esôfago.

Este remédio não deve ser utilizado por grávidas, durante a amamentação, em crianças e adolescentes menores de 18 anos e em pacientes que estejam usando anti-inflamatórios não esteroides sem orientação médica.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE