Hirsutismo: excesso de pêlos

publicidade

Embora mais inconveniente para as mulheres o hirsutismo pode ocorrer tanto nos homens como nas mulheres. Esta doença é caracterizada pela presença de pêlos em áreas da pele que normalmente não deveriam ser muito peludas.

Esse aumento do crescimento de pêlos em locais indesejados é comum nas mulheres após a menopausa e nos usuários de produtos anabolizantes ou de corticosteroides.

Nas mulheres e nas crianças, o excesso de pêlos pode ser decorrente de um distúrbio da hipófise ou das glândulas adrenais que acaba por causar uma produção excessiva de hormônios masculinos.

Exames de sangue podem determinar se a causa da doença é um distúrbio endócrino.

Para eliminar o pêlo de forma definitiva é necessária a destruição dos folículos pilosos e o único tratamento permanente e seguro é a eletrólise.

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 21/10/2014 Última atualização da página: 14/03/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.