Hipoglicemia reativa

publicidade

A hipoglicemia reativa é a falta de açúcar no sangue que ocorre entre 1:30 h e 3 horas após a ingestão de alimentos ricos em açúcar ou carboidratos que pode afetar diabéticos ou não diabéticos. Ela provoca sintomas como dor de cabeça ao estar com fome e aumento no desejo de comer doces e deve ser tratada com o consumo de alimentos para reequilibrar a taxa de glicose na corrente sanguínea.

Sintomas da hipoglicemia reativa

Os sintomas da hipoglicemia reativa incluem:

  • dor de cabeça; fome; tremores;
  • enjoo; suor frio; tontura, cansaço, palpitação cardíaca.

Causas da hipoglicemia reativa

As causas da hipoglicemia reativa incluem:

  • Pré-diabetes;
  • Má alimentação;
  • Doenças hormonais;
  • Gastrite com a bactéria H. Pilory;
  • Síndrome de dumping, que ocorre em 15% de indivíduos que fizeram cirurgia gástrica;
  • Intolerância à frutose;
  • Galactosemia;
  • Sensibilidade à leucina;

Como diagnosticar a hipoglicemia reativa

Para diagnosticar a hipoglicemia reativa recomenda-se realizar o exame de curva glicêmica de 5 horas. Fazer um exame de curva glicêmica de 3 horas, pode conferir um resultado falso negativo.

Tratamento para hipoglicemia reativa

O tratamento para hipoglicemia reativa baseia-se em manter os níveis de glicose no sangue constantes. Para tratar rapidamente a hipoglicemia reativa deve-se oferecer algo par ao indivíduo comer mesmo que ele não tenha vontade. Comer 1 pão ou tomar 1 copo de suco de laranja natural costuma ser o suficiente.

Para um melhor controle da hipoglicemia reativa recomenda-se:

  • Fazer 6 refeições por dia, 2 principais e 4 lanches intercalados, ricos em proteína e pobre em açúcar e em carboidratos;
  • Evitar as bebidas alcoólicas;
  • Praticar exercícios moderadamente;
  • Consumir alimentos ricos em fibras e alimentos ricos em proteínas em todas as refeições;
  • Evitar comer doces quando estiver com estômago vazio.

Consequências da hipoglicemia reativa

As consequências da hipoglicemia reativa são sintomas de ordem neurológica, como confusão mental, depressão, ansiedade, insonia, irritabilidade, fobias e falta de concentração.

A hipoglicemia reativa é muito comum entre praticantes de atividade física, especialmente naqueles que tomam suplementos à base de carboidratos. Por isso, deve-se ter uma atenção especial quanto à alimentação e jamais treinar de estômago vazio.

Dieta para hipoglicemia reativa

A dieta para hipoglicemia reativa deve ser orientada por um nutricionista após o diagnóstico da doença. Isto é importante para que o indivíduo aprenda a comer de forma correta evitando a recorrência da hipoglicemia.

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 12/09/2014 Última atualização da página: 18/03/2013
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.