Hepatite Alcoólica

publicidade

​A hepatite alcoólica aguda é um tipo de hepatite causada pela ingestão excessiva de bebidas alcoólicas, que causam o surgimento de sintoma como fortes dores abdominais, náuseas, vômitos e perda de apetite, por exemplo.

Geralmente, hepatite alcoólica não pega, uma vez que não é contagiosa. No entanto, pacientes com hepatite C, que é um tipo de hepatite que passa pelo sangue, têm maior risco de desenvolver hepatite alcoólica se beberem álcool em excesso.

A hepatite alcoólica aguda tem cura, na maioria dos casos, desde que o paciente deixe de beber álcool e faça o tratamento com remédios receitados pelo hepatologista, de forma a evitar complicações graves como cirrose ou insuficiência hepática.

Diagnóstico da hepatite alcoólica

O diagnóstico da hepatite alcoólica é feito por um hepatologista através de exames laboratoriais, como ultra-sonografia ou exame de sangue para avaliar os níveis de albumina e bilirrubina, por exemplo, assim como análise do histórico do paciente que, normalmente, inclui o uso excessivo de bebidas alcoólicas.

Sintomas da hepatite alcoólica

Os sintomas da hepatite alcoólica podem incluir:

  • Dor abdominal do lado direito;
  • Pele e olhos amarelados;
  • Inchaço do corpo, especialmente na barriga;
  • Perda de apetite;
  • Cansaço excessivo;
  • Náuseas e vômitos;
  • Perda de peso sem causa aparente.

Normalmente, pacientes com sintomas e sinais de hepatite alcoólica que não iniciam o tratamento adequado apresentam uma taxa de sobrevivência de cerca de 6 meses apos o surgimento dos primeiros sintomas.

Por isso, é muito importante consultar o hepatologista o mais rápido possível sempre que surgem sintomas de problemas no fígado.

Tratamento para hepatite alcoólica

O tratamento para hepatite alcoólica deve ser orientado por um hepatologista, mas, geralmente, é iniciado com a eliminação do consumo de álcool e o uso de remédios, como ácido Ursodesoxicólicos ou Fosfatidilcolina, que reduzem a inflamação do fígado e aliviam os sintomas da hepatite alcoólica.

Além disso, devido à falta de apetite, é comum que os pacientes com hepatite alcoólica apresentem desnutrição e, por isso, é importante consultar um nutricionista para fazer uma dieta adequada ou iniciar a ingestão de suplementes alimentares, por exemplo.

Nos casos mais graves, em que existem grandes lesões no fígado, como cirrose, o médico pode recomendar fazer um transplante de fígado para aumentar as chances de cura do paciente.

Saiba mais sobre este problema em:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade