Como eliminar a gordura nas fezes

PUBLICIDADE

Para eliminar o excesso de gordura nas fezes, que é identificado no exame de fezes quando a quantidade de gordura se encontra acima de 6%, é recomendado reduzir a ingestão de gorduras na alimentação e, por isso, é muito importante evitar incluir na dieta alimentos com gorduras ruins como carne vermelha, queijo amarelo ou bacon.

Além disso, outros alimentos, como o abacate ou a amêndoa, por exemplo, embora contenham gorduras saudáveis também não devem ser consumidos em excesso pois contribuem para o surgimento de gordura nas fezes. Veja uma lista mais completa dos alimentos que deve evitar em: Alimentos ricos em gordura.

No entanto, quando não é possível eliminar a presença de gordura nas fezes apenas com alterações na alimentação é aconselhado consultar um gastroenterologista para fazer exames de diagnóstico, como colonoscopia ou exame de fezes, que ajudam a identificar se existe alguma doença que possa estar causando o surgimento da gordura nas fezes. Nesses casos, o tipo de tratamento varia de acordo com o problema identificado, podendo incluir o uso de remédios ou cirurgia, por exemplo.

O que pode ser excesso de gordura nas fezes

As causas mais comuns de gordura nas fezes estão relacionadas com problemas do pâncreas ou do intestino, incluindo:

  • Insuficiência pancreática;
  • Fibrose cística;
  • Doença de Crohn;
  • ​Intolerância ao glúten;
  • Câncer do pâncreas ou intestino;
  • Infecção por HIV.

Além disso, situações como a retirada do intestino delgado, de partes do estômago ou pós-operatório em casos de obesidade também podem provocar má-absorção e levar ao excesso de gordura nas fezes.

Assim, caso o exame de gordura nas fezes apresente alterações é recomendado consultar um clínico geral ou um gastroenterologista para fazer outros exames, como colonoscopia ou exames de intolerância, para identificar a causa específica e iniciar o tratamento adequado.

Sintomas de gordura nas fezes

Os sintomas de gordura nas fezes normalmente aparecem associados a fezes de grande volume, com mau cheiro, de aspeto gorduroso e que flutuam na água. Porém os sintomas também podem ser:

  • Cansaço extremo;
  • Diarreia excessiva ou de coloração laranja;
  • Perda brusca de peso;
  • Alongamento abdominal com cólicas;
  • Náuseas e vômitos.

Quando o indivíduo apresenta alguns destes sintomas deve procurar um médico gastrenterologista para diagnosticar a causa do excesso de gordura nas fezes e iniciar o tratamento adequado.

Como se preparar para o exame de gordura nas fezes

O exame para gordura nas fezes avalia a quantidade de gordura presente nas fezes, proveniente dos alimentos ingeridos, bile, secreção intestinal e células descamadas. Assim, para fazer o exame de gorduras fecais deve-se comer alimentos ricos em gordura até 3 dias antes da análise e, no dia deve-se colher uma amostra em casa. A amostra deve ser colocada dentro do frasco fornecido pelo laboratório e guardada na geladeira até que seja levada para o laboratório.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE