Gorduras nas fezes

PUBLICIDADE

A presença de gorduras nas fezes é normal e, por isso, pode aparecer todas as idades, começando nos 25% em recém-nascidos e diminuindo até cerca de 5% na idade adulta, sem ser sinal de algum tipo de problema.

No entanto, taxas de gordura acima dos 6%, no exame de gordura de um indivíduo adulto, geralmente indicam gordura nas fezes em excesso, que pode estar relacionado com problemas de má absorção de nutrientes ou outras alterações intestinais, por exemplo.

Assim, é sempre recomendado que o exame de gorduras nas fezes seja avaliado por um clínico geral ou gastroenterologista, de forma a saber se o resultado pode indicar a presença de algum problema de saúde.

O que pode ser excesso de gordura nas fezes

As causas mais comuns de gordura nas fezesestão relacionadas com problemas do pâncreas e intestino, incluindo:

  • Insuficiência pancreática;
  • Fibrose cística;
  • Doença de Crohn;
  • ​Intolerância ao glúten;
  • Câncer do pâncreas ou intestino;
  • Infecção por HIV.

Além disso, situações como a retirada do intestino delgado, de partes do estômago ou pós-operatório em casos de obesidade também podem provocar má-absorção e levar ao excesso de gordura nas fezes.

Assim, caso o exame de gordura nas fezes apresente alterações é recomendado consultar um clínico geral ou um gastroenterologista para fazer outros exames, como colonoscopia ou exames de intolerância, para identificar a causa específica e iniciar o tratamento adequado.

Tratamento para gordura nas fezes

O tratamento para gordura nas fezes, em excesso, pode ser feito com a redução da ingestão de gorduras na alimentação ou através da ingestão de remédios com enzimas pancreáticas que ajudam o intestino delgado a absorver as gorduras. Dependendo da causa, outros tipos de tratamento, como cirurgia, podem ser necessários.

Veja os alimentos que deve evitar em: Alimentos ricos em gordura.

O tempo de tratamento depende do problema que está causando a má absorção de gorduras e nutrientes, sendo que alguns pacientes podem precisar de tratamento por toda vida, como no caso de intolerância alimentar ou doença de Crohn, por exemplo.

Sintomas de gordura nas fezes

Os sintomas de gordura nas fezes, em excesso, aparecem normalmente associados a fezes de grande volume, com mau cheiro, de aspeto gorduroso e que flutuam na água. Porém os sintomas também podem ser:

  • Cansaço extremo;
  • Diarreia excessiva ou de coloração laranja;
  • Perda brusca de peso;
  • Alongamento abdominal com cólicas;
  • Náuseas e vômitos.

Quando o indivíduo apresenta alguns destes sintomas deve procurar um médico gastrenterologista para diagnosticar a causa do excesso de gordura nas fezes e iniciar o tratamento adequado.

Como se preparar para o exame de gordura nas fezes

O exame para gordura nas fezes avalia a quantidade de gordura presente nas fezes, proveniente dos alimentos ingeridos, bile, secreção intestinal e células descamadas. Assim, antes de um exame de gorduras fecais é recomendado:

  • Comer alimentos ricos em gorduras, como manteiga e azeite, até 3 dias antes da pesquisa;
  • Colher uma amostra de fezes após 3 dias de ter feito uma alimentação rica em gordura;
  • Evitar a contaminação da amostra por urina, água ou gordura;
  • Guardar as fezes na geladeira até levar para o laboratório.

Um exame de gordura nas fezes positivo geralmente indica a presença de mais de 6% de gordura, sendo que este é um teste muito utilizado para ajudar no diagnóstico de problemas de má absorção.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE