Fístula anal

PUBLICIDADE

​A fístula anal é uma ferida que se forma entre o intestino e a pele do ânus, criando um pequeno túnel que provoca sintomas como dor, vermelhidão e sangramento pelo ânus.

Geralmente, a fístula anal surge após um abcesso no ânus, no entanto, ela também pode ser causada por doenças inflamatórias do intestino, como doença de Crohn ou diverticulite, por exemplo.

A fístula anal deve ser tratada com uma pequena cirurgia que encerra o canal e impede o desenvolvimento de complicações.

Cirurgia para fístula anal

A cirurgia para fístula anal é a única forma de tratar e eliminar o problema, sendo que, normalmente, é feita com anestesia geral no hospital para drenar o líquido que está no seu interior e fechar a fístula.

Normalmente, é possível voltar a trabalhar cerca de 3 dias após a cirurgia e, nesse período, pode ser necessário fazer antibióticos, como Amoxicilina, para impedir o desenvolvimento de complicações como infecção ou incontinência dos intestinos, por exemplo.

Antes da cirurgia é recomendado manter a higiene adequada do local, utilizando água morna e sabão com pH neutro. Além disso, também se pode utilizar um creme de barreia, como Higlós, quando a irritação do ânus aumenta.

Sintomas de fístula anal

Os principais sintomas de fístula anal incluem:

  • Vermelhidão ou inchaço da pele do ânus;
  • Dor constante, especialmente ao sentar ou caminhar;
  • Saída de pus ou sangue pelo ânus;

Além destes sintomas, também pode surgir dor abdominal, diarreia, perda de apetite, diminuição do peso corporal e náuseas caso acontece infecção ou inflamação da fístula.

Nestes casos, é recomendado consultar um proctologista para fazer o diagnóstico do problema, com observação do local ou ressonância magnética, por exemplo, e iniciar o tratamento adequado.

Quando ir no médico

É recomendado consultar imediatamente o proctologista ou ir no pronto-socorro quando surge:

  • Hemorragia no ânus;
  • Aumento da dor, vermelhidão ou inchaço;
  • Febre acima de 38ºC;
  • Dificuldade para urinar.

Além disso, também é importante ir ao médico caso surja prisão de ventre que não desaparece após 3 dias com o uso de laxantes.

Veja quais podem ser as outras causas de dor na região anal em:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE