Estimular a ovulação

publicidade

Saber como estimular a ovulação é importante para quem quer engravidar e sofre com a síndrome dos ovários policísticos, tem uma ovulação irregular, ou até mesmo não ovula.

Como estimular a ovulação naturalmente

Para estimular a ovulação naturalmente, pode-se aumentar o consumo de inhame. O inhame pode ser consumido cozido na carne ensopada ou em sopas. Mas, para potencializar o seu efeito, aconselha-se tomar também o chá da casca de inhame.

Receita do chá de inhame para estimular a ovulação

Ingredientes

  • casca de 1 inhame
  • 1 copo de água

Modo de preparo

Coloque os 2 ingredientes numa panela e deixe ferver por 5 minutos. Tape a panela, deixe esfriar, coe e beba a seguir. Recomenda-se tomar o chá em jejum até começar a ovular. Para saber quando está ovulando use um teste de ovulação.

O inhame possui um fito-hormônio chamado diosgenina, que no organismo é transformado em DHEA e estimula a liberação de mais de 1 óvulo pelos ovários, aumentando assim as chances de gravidez. Mas, além disso, é preciso seguir uma boa alimentação e praticar atividade física regularmente.

Apesar de não haver publicações científicas que comprovem que o inhame esteja diretamente relacionado à fertilidade, este assunto vem sendo estudado por inúmeros cientistas, pois já foi observado que, ao ingerir mais inhame, as mulheres ficam mais fecundas.

Remédio para estimular a ovulação

Um remédio que serve para estimular a ovulação é o Clomifeno (Clomid), outro é a Gonadotrofina sintética. Ambos os medicamentos são eficazes em fazer os ovários amadurecerem óvulos, tornando a mulher fértil e capaz de gerar um bebê, mas eles contêm efeitos adversos que variam desde a retenção de líquidos ao câncer de ovário. Por isso, só devem ser utilizados sob orientação médica.

Geralmente, a ovulação ocorre 7 dias depois de parar de tomar o medicamento, período em que se deve aumentar o número de relações. Por volta de 15 dias após a interrupção do uso do medicamento, deve ocorrer a descida da menstruação. Caso isto não ocorra, deve-se realizar um teste de gravidez.

Estes ciclos de tratamentos devem ser feitos mensalmente e repetidos por um número máximo de 6 vezes, para evitar que a mulher sofra de uma hiperestimulação ovárica, uma complicação que pode ser fatal.

Links úteis:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 02/09/2014 Última atualização da página: 01/08/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.