Espondiloartrose cervical

publicidade

A espondiloartrose cervical é um tipo de artrose que compromete as articulações da coluna na região do pescoço que gera sintomas como dor local que irradia para o braço e deve ser tratada com fisioterapia e por vezes, cirurgia.

Sintomas da espondiloartrose cervical

Os sintomas da espondiloartrose cervical incluem:

  • Dor no pescoço que pode afetar 1 ou os 2 braços;
  • Queimação ou sensação de formigueiro no pescoço, ombros ou braços;
  • Sensação de tontura ao virar a cabeça rapidamente;
  • Sensação de "areia" dentro da coluna na região do pescoço;
  • Dificuldade em realizar movimentos com o pescoço;
  • Pode haver zumbido no ouvido.

Como identificar a espondiloartrose cervical

Pode-se identificar a espondiloartrose cervical através do raio-x; ressonância magnética, ecodoppler ou tomografia computadorizada mas o exame físico é indispensável.

Tratamento para espondiloartrose cervical

O tratamento da espondiloartrose cervical pode ser feito com a toma de analgésicos e anti-inflamatórios por aproximadamente 10 dias e fisioterapia. Caso não seja encontrado o alívio dos sintomas, indica-se a cirurgia.

Fisioterapia para espondiloartrose cervical

As sessões de fisioterapia para espondiloartrose cervical devem ser realizadas cerca de 5 vezes por semana, com duração aproximada de 45 minutos. O fisioterapeuta deverá avaliar as necessidades do paciente e traçar um plano terapêutico com objetivos a curto e a médio prazo.

O tratamento fisioterapêutico para este tipo de lesão cervical pode incluir o uso de aparelhos como ultra som, tens, micro correntes e laser, por exemplo. Além disso o paciente pode beneficiar-se do uso de bolsas de água morna que devem ser utilizadas várias vezes ao dia por aproximadamente 20 minutos de cada vez.

Tração articular; alongamentos dos músculos dos braços, pescoço e costas devem estar presentes em todas as sessões, assim como pompagem e os exercícios de fortalecimento e readequação da postura quando o paciente sentir menos dor.

Se ele for submetido à cirurgia, mesmo assim após este procedimento, é preciso realizar algumas sessões de fisioterapia para garantir a boa mobilidade do pescoço e evitar posturas inadequadas.

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 24/10/2014 Última atualização da página: 19/12/2013
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.