Escleroterapia com espuma

publicidade

A escleroterapia com espuma densa é um tipo de tratamento para acabar com as varizes, abrandando-as ou eliminando-as. A técnica consiste em aplicar uma substância esclerosante chamada Poidocanol, em forma de espuma, diretamente nas varizes, até que estas desapareçam, como mostra a imagem.

A escleroterapia com espuma é eficaz nas microvarizes e varizes de até 2 mm, eliminado-as completamente. Nas varizes de maior calibre, a escleroterapia com espuma pode não dar o melhor resultado, mas é capaz de diminuir o seu tamanho, sendo necessária mais de 1 aplicação na mesma variz.

Esta terapia causa uma certa dor e desconforto, não só pela picada da agulha, mas pela entrada do medicamento na veia, mas a maioria dos pacientes tolera bem esta dor.

Após o tratamento ser feito com essa sessão de escleroterapia com espuma, recomenda-se que o paciente use durante o dia meias de compressão elástica, tipo Kendall, para melhorar o retorno venoso e diminuir as chances de aparecer novas varizes.

É ainda indicado que o paciente não se exponha ao sol para evitar que a região fique manchada. Se for mesmo necessário, deve-se usar um bloqueador solar em toda a área tratada.

Riscos da escleroterapia com espuma

Os riscos da escleroterapia com espuma são mínimos, contudo, raramente pode provocar trombose venosa profunda e embolia, que pode causar o deslocamento de coágulos pelo corpo e atingir o pulmão, por exemplo.

Links úteis:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 17/09/2014 Última atualização da página: 29/07/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.