Emagrecer com reeducação alimentar

publicidade

A melhor maneira de emagrecer sem correr o risco de engordar novamente é com uma reeducação alimentar.

A reeducação alimentar é a receita para emagrecer com saúde e para sempre, e consiste em começar a alimentar-se de forma mais saudável na medida certa. Preferindo frutas, verduras, legumes e carnes magras ao invés de bolos, biscoitos recheados, refrigerantes, sanduíches e comidas "pesadas", como feijoada, frituras e buchada de bode, por exemplo.

Estes alimentos são ricos em vitaminas e minerais, e fornecem tudo aquilo que o organismo necessita para um corpo firme e saudável.

Comer diariamente alimentos muito doces ou muito gordurosos, mesmo que em pequenas quantidades, ao final de um ano pode levar ao acúmulo de alguns quilos de gordura. E perdê-los é muito mais difícil do que ganhá-los.

Seguir dietas muito restritivas que prometem uma grande perda de peso num curto espaço de tempo não ensina o indivíduo a comer de forma saudável e favorece o efeito sanfona. Para evitar este problema, vale a pena fazer trocas inteligentes, tais como:

  • No mercado, não comprar doces e comidas gordurosas, trazendo mais frutas e alimentos saudáveis
  • Fazer algum tipo de exercício todos os dias, o ideal é começar a praticar um esporte que goste, fazendo disso um hábito e não uma obrigação
  • Beber mais água e menos refrigerantes, deixando-os para ocasiões especiais
  • Antes de ir a uma festa, tomar um prato de sopa, por exemplo, assim tem-se a sensação de estômago cheio e é mais fácil resistir às "tentações"

A reeducação alimentar não o impede de comer nada, mas ensina a comer de tudo, na quantidade certa. Fazer uma dieta balanceada durante alguns meses garante a reeducação alimentar, e fica mais fácil emagrecer e ter uma saúde de ferro.

Links úteis:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 02/09/2014 Última atualização da página: 14/04/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.