Dor no pé

publicidade

A dor no pé é um sintoma muito frequente que pode ter várias causas, surgindo tanto dor no pé direito, como dor no pé esquerdo. Por exemplo, dor no pé na corrida pode significar distensão dos tendões e músculos, enquanto dor nas articulações do pé durante o dia pode ser acúmulo de ácido úrico. Já a dor nos pés e nas mãos pode indicar reumatismo ou problemas circulatórios e cardíacos.

A dor nos pés ao pisar é um sintoma clássico de joanete ou esporão no pé. Geralmente o tratamento para dor no pé é feito por um podologista e varia de acordo com o problema que a está causando.

O que pode ser dor no pé

A dor no pé pode ser provocada por:

  • Joanete; Dedos em martelo; Pé chato; Esporão;
  • Calosidade; Sapatos apertados;
  • Micose; Psoríase; Verrugas; Olho de peixe;
  • Artrite; Gota; Tendinite; Borsite;
  • Fraturas; Torção; Distensão;
  • Diabetes.

A má circulação sanguínea também é uma causa importante de dor nos pés, principalmente na dor nos pés ao acordar, podendo ser necessário colocar almofadas debaixo dos pés durante a noite.

Dor no pé na gestação

A dor no pé na gestação é um sintoma muito frequente, pois durante a gravidez o corpo da mulher produz hormônios que provocam o relaxamento dos vasos e aumento da quantidade de líquidos, que se acumulam, podendo provocar inchaço e dor nos pés.

Porém, a gestante deve estar atenta à intensidade e duração da dor nos pés, porque quando é muito forte ou demora para passar, pode ser ser sinal de pré-eclâmpsia.

Fotos de dor no pé

A primeira imagem mostra um joanete, já a segunda foto é de um esporão no calcanhar e a terceira é um calo.

Tratamento para dor no pé

O tratamento para dor no pé depende da sua causa, mas boas opções são fazer um escalda-pés ou uma massagem no final do dia, com creme hidratante ou colocando bolinhas de gude em uma bacia com água morna e esfregando os pés.

Além disso, é recomendado que o indivíduo:

  • Utilize sapatos confortáveis e flexíveis, como os da marca Usaflex;
  • Evite permanecer muito tempo de pé ou cruzar as pernas;
  • Faça exercícios com os pés, como rodar ou mexer o pé para cima e para baixo, durante o dia.

Nos casos mais graves de dor nos pés, o podologista pode recomendar o uso de pomadas ou sprays anti-inflamatórios, como Diclofenaco ou Gelol, ou cirurgia para reparação de fraturas ou retirada de joanetes e esporões.

Links úteis:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade