Dor de Cabeça em criança

publicidade

A dor de cabeça nas crianças pode surgir desde muito cedo, mas nem sempre a criança sabe se expressar e dizer o que está sentindo. Os pais podem suspeitar que a criança não está bem quando nota que ela deixa de fazer atividades que gosta muito, como brincar com os amigos ou jogar futebol, por exemplo.

Se criança disser que a cabeça dói, os pais podem certificar-se que se trata de uma forte dor de cabeça ou mesmo de uma enxaqueca ao pedir para que ela realize algum esforço, como dar uns pulinhos e agachar, por exemplo, para ver a se a dor piora, porque uma das características da enxaqueca nas crianças é o aumento da dor ao realizar esforços, como estes.

O que pode causar dor de cabeça nas crianças

A dor de cabeça também pode afetar as crianças, mas isto nem sempre é grave. As causas da dor de cabeça na criança podem estar ligadas a grandes estímulos cerebrais, como, por exemplo:

  • sol forte, temperatura alta,
  • som da tv ou do rádio muito alto;
  • consumo de alimentos ricos em cafeína, como o chocolate e coca-cola;
  • estresse, como ter uma prova na escola;
  • ficar muito tempo no computador ou vendo televisão;
  • noites mal dormidas;
  • por problemas de visão.

Diferentemente da dor de cabeça do adulto, a dor de cabeça na criança pode ser solucionada sem medicamentos. O mais recomendado para elas é descobrir o que está causando a dor de cabeça e retirar este estímulo. Mas se a criança queixar-se várias vezes de dor de cabeça por dia, durante vários dias, aconselha-se levá-la ao médico para uma consulta e, se necessário, o pediatra indicará uma consulta com um neurologista. Algumas devem ser tratadas com medicamentos específicos, como ansiolíticos e até mesmo antidepressivos, mas sempre sob orientação médica.

Quando a dor de cabeça em criança é grave?

A dor de cabeça em criança nem sempre é grave porque às vezes basta que a criança fique tranquila e descanse para que a dor de cabeça passe. No entanto, quando a dor de cabeça é forte, constante ou vem acompanhada de outros sintomas é importante levá-la ao médico para tentar descobrir a causa desta dor de cabeça e, se necessário, realizar o tratamento adequado.

Como tratar a dor de cabeça em crianças

O tratamento da dor de cabeça em crianças pode ser feito com medidas simples, como:

  • tomar um banho revigorante;
  • vestir roupas confortáveis;
  • colocar uma toalha molhada em água fria na testa da criança;
  • oferecer água para criança, porque uma das causas da dor de cabeça é a desidratação leve;
  • desligar a televisão e o rádio e não deixar seu filho a assistir televisão mais de 2 horas por dia e
  • descansar num local com pouca luz e bem ventilado, durante algum tempo.

Outras opções para tratar a dor de cabeça nas crianças é a terapia cognitivo comportamental, orientada por um psicólogo, e medicamentos, como a amitriptilina, que só deve ser utilizado sob a orientação do pediatra.

Quando a criança sente uma forte dor de cabeça ou reclama frequentemente que está sentindo dor de cabeça, é importante levar a criança ao pediatra para que ele faça uma avaliação, pois pode ser necessário realizar exames, como o eletroencefalograma, por exemplo.

O que dizer ao médico na consulta

Na consulta médica é importante que os pais forneçam todas as informações possíveis sobre a dor de cabeça da criança, como:

  • Quantas vezes por semana a criança queixa-se de dor de cabeça;
  • Qual é a intensidade da dor;
  • Como é a dor... se dói só de um lado ou se parece que tem um "tamborzinho na cabeça";
  • O que fez para passar;
  • Quanto tempo demorou para passar;
  • Se estava tomando algum remédio;
  • Se há mais alguém na família que sofre de cefaleia ou enxaqueca.

Com estas informações o médico poderá solicitar os exames mais indicados, que pode incluir um eletroencefalograma ou uma ressonância nuclear magnética, por exemplo, e com o resultados do exame em mãos, decidir o melhor tratamento.

Links úteis:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 21/10/2014 Última atualização da página: 09/10/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.