Dor de Barriga

publicidade

​A dor de barriga é um sintoma muito comum, que pode surgir em qualquer idade e que pode ter diversas causas, uma vez que o abdômen contém vários órgãos que podem apresentar problemas e provocar dor.

Assim, durante uma dor de barriga, o mais importante é identificar o local da dor, uma vez que, normalmente, a dor surge por cima do órgão afetado, ajudando o médico a fazer o diagnóstico. No entanto, a dor de barriga nem sempre é fácil de localizar e, por vezes, pode começar num órgão e irradiar para outro local diferente.

Além disso, outros sintomas que possam surgir associados à dor de barriga também podem ser importantes para excluir alguns problemas.

Independentemente da causa, o indivíduo com dor de barriga deve consultar inicialmente um clínico sempre que a dor for muito forte, demore mais de 3 dias para passar ou apresente outros sintomas como febre e vômitos persistentes.

Principais causas da dor de barriga

As principais causas da dor de barriga incluem:

Dor de barriga constante

  • O que pode ser: sinal de gastrite ou úlcera gástrica quando surge na região superior da barriga, mas também pode indicar inflamação intestinal, vermes intestinais.
  • O que fazer: é recomendado tomar chá de camomila ou erva-Luísa 2 a 3 vezes por dia e, caso a dor não diminua em 24 horas, consultar o clínico.

Dor de barriga e febre

  • O que pode ser: normalmente é sinal de infecção e, por isso, se a dor surgir na região superior, pode indicar uma gastroenterite, enquanto se aparecer na região inferior da barriga pode indicar uma infecção urinária ou apendicite, por exemplo.
  • O que fazer: é aconselhado iniciar uma dieta leve com alimentos cozidos e sem condimentos, assim como consultar um clínico porque pode ser necessário tomar antibióticos para eliminar a infecção.

Dor de barriga e diarreia

  • O que pode ser: pode estar relacionado com algum alimento que foi ingerido e que poderia estar estrago, mas também pode indicar inflamação do intestino, cólon irritável ou Doença de Crohn.
  • O que fazer: é importante beber bastante água durante o dia para equilibrar a perda de líquidos pela diarreia e consultar um gastrenterologista caso a diarreia se mantenha por mais de 24 horas.

Dor de barriga e vômitos

  • O que pode ser: os vômitos podem estar associados a vários problemas abdominais, como gastroenterite, problemas na vesícula ou apendicite, por exemplo.
  • O que fazer: evitar frituras, alimentos condimentados, comidas industrializadas e refrigerantes nos primeiros 2 dias e consultar o clínico caso surjam mais de 2 episódios de vômitos.

Dor de barriga no lado direito inferior

  • O que pode ser: normalmente é sinal de apendicite, especialmente quando a dor começou perto do estômago e se deslocou para o lado inferior direito da barriga. Porém também pode indicar excesso de gases, irritação intestinal ou problemas nos ovários, por exemplo.
  • O que fazer: é recomendado fazer uma massagem abdominal para tentar libertar gases intestinais, no entanto, caso a dor fique mais forte, piore ao tossir ou dure mais de 2 dias deve-se ir ao pronto-socorro.

Dor de barriga na gravidez

A dor de barriga na gravidez é um sintoma frequente que não prejudica o bebê, mas que pode causar muito incômodo para a mulher, sendo normal devido às alterações que o corpo da grávida sofre.

Assim, no caso de dor de barriga na gravidez é recomendado que a grávida repouse deitada durante alguns minutos e tome um banho quente, de forma a que os músculos relaxem.

Porém, caso a dor de barriga se mantenha ou surjam outros sintomas como diarreia, vômitos ou febre é recomendado consultar o obstetra ou ir ao pronto-socorro para iniciar o tratamento adequado.

Saiba mais em: O que fazer quando sentir dor abdominal na gravidez.

Dor de barriga em bebê

A dor de barriga em bebê geralmente é causada por cólicas, e por isso, o que se pode fazer é uma massagem na barriga do bebê para ele soltar os gases. Além disso, pode-se oferecer uma pequena quantidade de chá de funcho e erva-cidreira, pois elas possuem propriedades antiespasmódicas que aliviam as cólicas e facilitam a digestão.

Caso o bebê fique muito incomodado, ou apresente outros sintomas como febre ou diarreia intensa, é aconselhado informar ao pediatra.

Veja como aliviar as cólicas em: Como combater as cólicas do bebê

O que comer na dor de barriga

O que se deve comer na dor de barriga são legumes cozidos, como batata ou cenoura, fruta cozida ou assada, canja ou sopas mornas. Além disso, alguns chás, como camomila, cidreira ou aroeira por exemplo, têm propriedades que ajudam a aliviar as dores de barriga.

Uma sugestão de dieta em caso de dor de barriga pode ser:

  • Café da manhã - chá de camomila com 2 torradas e uma pêra cozida.
  • Almoço - purê de batata, abóbora e cenoura com frango cozido e para sobremesa, uma maçã cozida.
  • Lanche - 1 vitamina de banana com leite de arroz.
  • Jantar - Canja e purê de maçã e pêra.

Apesar da dor de barriga diminuir o apetite, é importante fazer refeições de 3 em 3 horas para fortalecer o sistema imune e evitar que o estômago libere ácido enquanto está vazio, piorando a dor.

Link útil:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade