Dieta para Diverticulite

publicidade

A dieta para diverticulite ajuda a diminuir os sintomas da diverticulite, como prisão de ventre e dor abdominal.

A dieta recomendada para diverticulite é uma dieta rica em fibras, por isso, é necessário comer todos os dias pelo menos 3 frutas, como maçã ou pera, e legumes, como cenoura ou repolho, ao almoço e jantar. Porém, a ingestão de fibras deve ser aumentada gradualmente para não provocar gases nem dor abdominal, começando por uma ou duas frutas ou legumes por dia e depois ir aumentado até consumir pelo menos 5 por dia.

Alimentos permitidos na diverticulite

Os alimentos permitidos na diverticulite são alimentos ricos em água e fibras, mas pobres em gorduras. Alguns exemplos de alimentos permitidos na diverticulite são:

  • Espinafre, agrião, acelga, alface;
  • Cenoura, berinjela, cebola, brócolis, couve-flor;
  • Cereais integrais;
  • Maçã, laranja, pera, ameixa, banana.

Além de aumentar o consumo desses alimentos é fundamental beber 2 a 3 litros de água por dia, pois as fibras desses alimentos aumentam o bolo fecal, mas é necessário a água para ajudar o organismo a eliminar as fezes.

Dieta para Crise de Diverticulite

A dieta para crise de diverticulite é uma dieta com poucas fibras, que é prescrita pelo nutricionista no hospital. Pode ser necessário, em alguns casos, o paciente fazer alimentação pela veia para que o intestino consiga recuperar mais facilmente da inflamação.

À medida que as dores da diverticulite vão diminuindo, o indivíduo volta a sua alimentação normal, tendo o cuidado de ir aumentando o consumo de alimentos ricos em fibras às refeições, como os alimentos integrais, e evitar alimentos processados e refinados, pois o processamento retira as fibras dos alimentos. Para saber mais sobre que alimentos deve evitar na diverticulite veja: O que não comer na diverticulite.

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 21/07/2014 Última atualização da página: 21/07/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.