Dieta na crise de vesícula

PUBLICIDADE

​A dieta na crise de vesícula deve ser constituída por alimentos pouco gordurosos, reduzindo o consumo de frituras e embutidos, ingerindo uma maior quantidade de água porque estes cuidados ajudam a diminuir os sintomas de crise na vesícula como dor e incômodo abdominal.

A alimentação é um componente do tratamento durante a crise de vesícula mas não deve substituir o tratamento clínico prescrito pelo médico, que pode incluir o uso de medicamentos.

O que comer numa crise de vesícula

Durante uma crise de vesícula deve-se comer alimentos ricos em água e com pouca ou nenhuma gordura, tais como:

  • Todas as frutas, legumes, grãos, vegetais;
  • Leite e seus derivados, desnatados;
  • Carne de frango ou peru;
  • Água.

Além dos alimentos é importante dar preferência a cozidos e grelhados quando os alimentos são cozinhados porque essas são as formas de cozinhar que não adicionam qualquer gordura aos alimentos.

O que não comer numa crise de vesícula

Os alimentos proibidos na crise de vesícula são os alimentos gordurosos como:

  • Leite integral, queijos amarelos e requeijão;
  • Chocolate, biscoitos, massa folhada;
  • Manteiga e qualquer outra gordura animal;
  • Caldo de carne, molhos prontos;
  • Carnes gordas como costeletas, linguiça, mocotó carne de pato ou ganso;
  • Miúdos como fígado, coração, rim ou moela;
  • Nozes, castanhas, amêndoas, amendoim;
  • Atum, salmão ou sardinha fresco ou enlatado.

As bebidas alcoólicas também devem ser excluídas durante a crise de vesícula.

Quem tem pedra na vesícula deve consultar um profissional de saúde como o nutricionista, nutrólogo ou endocrinologista para individualizar a dieta e orientar o melhor tratamento dietético. Porém o médico mais indicado para fazer o diagnóstico da doença, decidir o tratamento, que pode incluir medicação ou até mesmo cirurgia, é o gastroenterologista.

Para saber como a alimentação pode aliviar os sintomas de pedra na vesícula assista:

Veja também:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE