Como se pega gonorreia?

publicidade

A gonorreia é uma doença infectocontagiosa causada pela bactéria Neisséria gonorrhoeae, que tem como principal característica o corrimento semelhante ao pus que sai pela uretra. O indivíduo pode "pegar" gonorreia através de:

  • Relações sem preservativo com o indivíduo contaminado ou
  • Muito raramente, pelo uso de roupa íntima ou objetos contaminados.

Entretanto, a gonorreia também pode ser transmitida de mãe para filho durante o parto normal e neste caso o bebê poderá desenvolver a forma típica da doença ou a conjuntivite gonocócica.

Sintomas da gonorreia

Na mulher:

  • Dor ou ardor ao urinar;
  • Incontinência urinária;
  • Corrimento branco-amarelado, semelhante ao pus;
  • Pode haver inflamação das glândulas de Bartholin;
  • Pode haver dor de garganta e comprometimento da voz (faringite gonocócica, quando há relação íntima oral);
  • Pode haver obstrução do canal anal (quando há relação íntima anal).

Cerca de 70% das mulheres não apresentam sintomas.

No homem:

  • Dor ou ardor ao urinar;
  • Febre baixa;
  • Corrimento amarelo, semelhante ao pus, vindo da uretra;
  • Pode haver dor de garganta e comprometimento da voz (faringite gonocócica, quando há relação íntima oral);
  • Pode haver obstrução do canal anal (quando há relação íntima anal).

Estes sintomas geralmente surgem 10 dias após a contaminação com o gonococo mas também é possível que se manifestem de 3 a 30 dias após a contaminação.

Tratamento para gonorreia

O tratamento para gonorreia é feito com o uso de antibióticos geralmente em dose única, mas o médico poderá decidir pela toma do antibiótico por 7, 10 ou 14 dias dependendo da gravidade da doença. Durante o tratamento é importante que o parceiro também seja tratado e que não haja relações até a completa remissão da doença.

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 30/09/2014 Última atualização da página: 25/09/2013
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.