Como corrigir a postura

PUBLICIDADE

Para corrigir a má postura é necessário fortalecer os músculos das costas e da região abdominal porque com os músculos abdominais fracos há uma tendência maior para os ombros ficarem caídos e voltados para frente, proporcionado a hipercifose, conhecida popularmente como 'corcunda', que é uma das maiores causas da má postura.

Apesar da má postura ter que ser tratada por um fisioterapeuta, existe um exercício que pode ser feito em casa para corrigir pequenas alterações. Este exercício é muito simples e pode ser feito diariamente desde que não cause dor intensa, nem dormências nas costas ou nos braços. O exercício para corrigir a postura consiste em permanecer parado na seguinte posição:

  • Encostar numa parede, mantendo os joelhos flexionados para que as costas estejam totalmente em contato com a parede;
  • Manter a cabeça encostada na parede, com o queixo paralelo ao chão;
  • Posicionar os braços dobrados com a palma da mão para cima, encostando-os na parede, tendo o cuidado de não descolar a parte do meio das costas da parede, como mostra a imagem.

Deve ficar parado nesta posição por 2 minutos, todos os dias. Após 1 semana de execício, deve aumentar 1 minuto, até completar 5 semanas.

Apesar do esforço que se deve fazer durante este exercício, não se deve sentir dor em nenhum momento. Se for o caso, deve parar de fazer o exercício e consultar um fisioterapeuta para iniciar o tratamento adequado.

Fazer exercícios na academia, regularmente também ajuda a manter a boa postura porque fortalece os músculos contribuindo para o tratamento para melhorar a postura. Além disso é recomendado fazer alongamentos diariamente para aumentar a elasticidade dos músculos. Veja exemplos de exercícios de alongamento que pode fazer em casa ou no trabalho em: 3 Exercícios de alongamento para fazer no trabalho.

Outros exercícios que podem ajudar a corrigir a postura são Pilates, Natação e Reeducação Postural Global, um tipo de tratamento fisioterapêutico. No entanto devem ser investigadas suas causas para garantir os resultados, que nos casos mais graves pode necessitar de uso de coletes específicos ou até mesmo cirurgia.

Veja também:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE