Caroli: Fígado doente

publicidade

A síndrome de Caroli é uma enfermidade hereditária e rara que afeta o fígado, que recebeu este nome pois foi o médico francês Jacques Caroli que a descobriu em 1958. É uma doença caracterizada pela dilatação dos canais que transportam a bílis, gerando dor devido à inflamação desses mesmos canais. Pode produzir cálculos e infecção, além de poder estar associada à fibrose hepática congênita, que é uma forma mais grave da doença.

Sintomas da síndrome de Caroli

Os sintomas da síndrome de Caroli são:

  • Dor aguda por inflamação dos canais biliares e presença de cálculos;
  • Icterícia;
  • Febre;
  • Dor abdominal;
  • Ardor generalizado;
  • Crescimento do fígado.

A doença pode manifestar-se em qualquer época da vida e pode afetar vários membros da família, mas herda-se de forma recessiva, o que significa que tanto o pai quanto a mãe tem que ser portador do gene alterado.

Diagnóstico da síndrome de Caroli

O diagnóstico da síndrome de Caroli pode ser feito através da realização de exames como ressonância magnética e tomografia computadorizada.

Tratamento para síndrome de Caroli

O tratamento para a síndrome de Caroli envolve a toma de antibióticos, cirurgia para eliminação dos cálculos e caso a doença afete apenas um lobo do fígado a extração pode ser necessária bem como um transplante de fígado em alguns casos.

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 30/08/2014 Última atualização da página: 11/04/2013
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.