Carboxiterapia

A carboxiterapia consiste na aplicação de injeções de gás sob a pele para eliminar marcas de celulite, estrias, gordura localizada e também para eliminar flacidez da pele.

O gás da carboxiterapia age melhorando a circulação celular e a oxigenação dos tecidos. A sua aplicação é ampla pois quando aplicado no rosto, aumenta a produção de colágeno, já nas nádegas reduz a celulite e também combate a gordura localizada, destruindo as células de gordura.

O profissional mais indicado para realizar a carboxiterapia é o fisioterapeuta especialista em dermatofuncional que possui habilitação para realizar a técnica e curso de primeiros socorros para poder socorrer o paciente, caso seja necessário.

Antes e depois da carboxiterapia

Preço da carboxiterapia

O preço da carboxiterapia pode variar entre 120 e 600 reais, dependendo do número de sessões e de regiões a tratar. Assim dependendo de cada caso, o custo total das sessões de carboxiterapia também pode passar dos 600 reais.

Para que serve a carboxiterapia

A carboxiterapia está especialmente indicada para:

  • Celulite: reduz o inchaço local e queima a gordura da celulite devido ao aumento da circulação no local. Saiba mais em: Carboxiterapia elimina celulite.
  • Estrias: alonga os tecidos do local e preenche a região com gás, estimulando a produção de colágeno. Conheça melhor em: Carboxiterapia para estrias.
  • Gordura localizada e flacidez: melhora a circulação sanguínea no local da injeção, facilitando a queima de gorduras. Veja ainda: Carboxiterapia para gordura localizada.

Além disso, a carboxiterapia também pode ser utilizada como terapia complementar à lipoaspiração, podendo ser feita em todas as regiões do corpo, inclusive nos seios.

Carboxiterapia dói?

A aplicação da carboxiterapia realmente dói, pois a entrada do gás sob a pele proporciona um ligeiro descolamento da pele, provocando dor. Por isso, recomenda-se iniciar as sessões com menos gás, para que a paciente vá se acostumando aos poucos com a técnica.

A dor pode durar algumas horas e vai diminuindo aos poucos, assim como o inchaço local.

Riscos da carboxiterapia

Os riscos da carboxiterapia são raro, no entatno, podem surgir alguns efeitos colaterais como:

  • Dor e inchaço no local da injeção;
  • Sensação de dormência ou de ardência na pele;
  • Pequenos hematomas na região da aplicação;

Devido à existência de alguns efeitos colaterais, a carboxiterpaia está contraindicada em casos de alergia na pele, obesiade, gravidez, herpes e doença card´iaca ou pulmonar.

Quantas sessões de carboxiterapia fazer?

O número de sessões de carboxiterapia a serem feitas vai depender do objetivo do indivíduo. Geralmente, as clínicas estéticas oferecem pacotes de 10 sessões, que devem ser realizadas de 15 em 15 dias.

Se gostou desta informação, leia ainda: Carboxiterapia funciona