Candidíase Oral

publicidade

A candidíase oral é uma infecção causada pelo excesso de fungo Candida albicans na boca, que se desenvolve quando o sistema imune encontra-se enfraquecido.

Normalmente, a candidíase oral surge em bebês devido ao sistema imune pouco desenvolvido, sendo comum em recém-nascidos logo após ao parto devido à transmissão da candidíase vaginal da grávida.

A candidíase oral pode ser diagnosticada por um clínico geral ou dentista através da observação dos sintomas, sendo tratada com o uso de enxaguantes bucais antifúngicos e correta higiene oral.

Sintomas da candidíase oral

Os sintomas da candidíase oral são o aparecimento de:

  • Placas esbranquiçadas na boca, língua ou garganta;
  • Ardência na boca;
  • Dor ou dificuldade para engolir.

Os sintomas da candidíase oral são comuns em pacientes com sistema imune enfraquecido ou em indivíduos com fatores que facilitem o crescimento de fungos, como utilização de prótese dentária, má higiene oral ou ingestão excessiva de açúcar, por exemplo.

transmissão da candidíase oral pode acontecer por contato direto, através do beijo, por exemplo, no entanto, isto só acontece quando o indivíduo tem o sistema imune enfraquecido, permitindo o desenvolvimento dos fungos na boca.

Fotos da candidíase oral

Tratamento para candidíase oral

O tratamento para candidíase oral pode ser feito em casa com a aplicação de enxaguantes bucais antifúngicos, como a Nistatina, durante 5 a 7 dias.

Durante o tratamento é importante alguns cuidados, como:

  • Escovar os dentes com escova de dentes com cerdas macias;
  • Fazer bochechos de água com com água oxigenada a 3%, após escovar os dentes;
  • Evitar comer alimentos gordurosos ou com açúcar;
  • Lavar a boca após comer ou utilizar remédios orais.

Nos casos mais graves, o tratamento para candidíase oral pode ser feito com a ingestão de remédios antifúngicos orais, como o Fluconazol, até 14 dias.

Links úteis:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade