Câncer de Mama

publicidade

O câncer de mama é um tumor maligno que se desenvolve nas células do tecido mamário, que as vezes dói, e pode atingir tanto homens quanto mulheres. Quando é diagnosticado e tratado precocemente tem maior chance de cura.

Sintomas do câncer de mama

O câncer de mama pode produzir sintomas como:

  • Aparecimento de um nódulo duro na mama, que pode ser percebido através do toque e do auto-exame da mama;
  • Saída de secreções contendo sangue quando os mamilos são pressionados;
  • Assimetria das mamas, que antes não existia;
  • A mama afetada pode ficar inchada, vermelha e quente;
  • Numa fase avançada da doença, pode surgir uma ferida mal cheirosa na mama.

Durante a fase inicial da doença, o câncer de mama não produz nenhum sintoma. Por isso é importante que a mulher esteja atenta a qualquer alteração nas mamas e, caso suspeite de algo, deve ir imediatamente ao mastologista.

Fatores de risco para o câncer de mama

Alguns dos fatores que aumentam o risco para desenvolver  o câncer de mama são:

  • Ter mais de 60 anos;
  • Já ter tido um câncer de mama anteriormente;
  • Ter alguém na família com câncer de mama, como mãe, irmã ou filha;
  • Ter tido a primeira menstruação antes dos 12 anos;
  • Ter entrado na menopausa depois dos 55 anos;
  • Obesidade após a menopausa;

Tipos de câncer de mama

Existem vários tipos diferentes de câncer de mama, sendo alguns mais agressivos do que outros. Os tipos mais comuns são:

  • Carcinoma ductal “in situ” (CDIS);
  • Carcinoma lobular “in situ” (CLIS);
  • Carcinoma ductal invasivo (CDI), que são cerca de 80% dos cânceres da mama invasores (ou invasivos);
  • Carcinoma lobular invasivo (CLI);
  • Carcinoma inflamatório da mama é um câncer agressivo, mas raro.

Há ainda outros tipos de câncer da mama mais raros, como o Carcinoma Medular, o Carcinoma Mucinoso, o Carcinoma Tubular e o Tumor Filóide Maligno, entre outros.

Como identificar o câncer de mama

O primeiro passo para identificar o câncer de mama é realizar o auto exame da mama mensalmente.

Se, durante a palpação da mama, a mulher ou o médico notar a presença de nódulos suspeitos na mama, deve-se realizar a mamografia.

Um outro exame capaz de identificar o câncer de mama é o VIAS (Ventana Image Analisys System). Esse exame consegue verificar se o tumor é maligno ou benigno sem a necessidade de realizar uma biópsia, mas são poucas as clínicas que o fazem no Brasil e ainda não existe uma conduta padrão de que este exame realmente seja eficaz.

Tratamento para câncer de mama

O tratamento para câncer de mama irá depender das necessidades de cada doente. O médico oncologista poderá optar por um ou pela combinação de dois ou mais tratamentos. A radioterapia e a quimioterapia geralmente são utilizadas mas em muitos casos é recomendada a retirada da mama, que em alguns casos pode ser substituída por um implante de silicone. 

Prevenção do câncer de mama

A prevenção do câncer de mama pode ser feito através de uma boa alimentação e prática regular de exercícios físicos, e quando este tipo de câncer for descoberto precocemente têm altas taxas de cura e por isso aconselha-se que todas as mulheres realizem o auto exame das mamas e a mamografia principalmente a partir dos 40 anos de idade.

Links úteis:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 18/09/2014 Última atualização da página: 18/10/2013
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.