Saiba o que é o Bicho-de-pé e como tratar

PUBLICIDADE

O bicho-de-pé é uma doença de pele causada por uma pulga chamada Tunga penetrans, que penetra na pele para alimentar-se de sangue e se reproduzir.

O bicho-de-pé pode afetar qualquer área do corpo, mas normalmente atinge a sola dos pés, a pele entre os dedos e debaixo das unhas. A pulga penetra na pele quando o indivíduo fica descalço na areia, na água suja ou no chão por onde passam cães e gatos que também estão contaminados com a doença.

Sintomas de bicho-de-pé

A infecção por bicho-de-pé dura cerca de 4 semanas e os seus principais sintomas são:

  • Presença de erupção na pele com um ponto preto central;
  • Coceira;
  • Dor leve.

No entanto, se não tratado adequadamente, essa pequena ferida na pele pode agravar e causar complicações como deformação nas unhas, tétano, gangrena, úlceras e morte das células na região afetada.

Erupção na pele característica de bicho-de-pé
Erupção na pele característica de bicho-de-pé

Diagnóstico de bicho-de-pé

O diagnóstico de bicho-de-pé é feito pelo médico apenas através da avaliação das características da ferida, não sendo necessário outros exames.

Tratamento para bicho-de-pé

O tratamento para o bicho-de-pé pode ser feito com medicamentos ou pomadas que combatem a pulga causadora da doença, sendo normal um aumento da coceira na região durante o tratamento.

Além dos medicamentos, também pode-se retirar o bicho-de-pé com o auxílio de uma pinça esterilizada ou, nos casos mais graves, por raspagem da pele afetada. Após a retirada da pulga e limpeza do local, pode ser necessário tomar antibióticos para evitar infecções na ferida.

É importante lembrar que o ideal é procurar o médico para avaliar a gravidade da infecção e indicar a melhor forma de tratamento.

Como prevenir

Para prevenir o bicho-de-pé, deve-se sempre usar calçados fechados em locais com areia e por onde passam muitos animais domésticos, como cães e gatos.

Além disso, é importante levar animais domésticos ao veterinário para avaliar se eles estão infectados com a pulga do bicho-de-pé, e iniciar o tratamento adequado para que a doença não passe para as pessoas.

Saiba como usar o própolis para tratar o bicho-de-pé naturalmente.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE