Berne em Humanos

A berne em humanos surge quando a larva da mosca varejeira entra para debaixo da pele, através de feridas ou arranhões, causando o surgimento de uma ferida na pele que pode coçar, provocar dor ou inchaço e vermelhidão na pele.

Geralmente, as larvas surgem no interior da pele dos indivíduos porque a mosca varejeira deposita seus ovos sobre feridas existentes na pele e, ao fim de algum tempo, as larvas nascem e começam a desenvolver-se, alimentando-se da "carne" do indivíduo.

A berne em humanos tem cura e o tratamento deve ser orientado por um clínico geral para remover a larva do interior da pele. Caso a berne em humanos não seja devidamente tratada, pode provocar agravamento dos sintomas, uma vez que a larva é capaz de sobreviver mais de 1 mês dentro da pele do paciente.

Ferida na pele provocada pela berneFerida na pele provocada pela berne
Larva de mosca que gera berne em humanosLarva de mosca que gera berne em humanos

Sintomas da berne em humanos

Os sintomas da berne em humanos surgem alguns dias após a infecção pela larva da mosca e incluem:

  • Formação de feridas na pele, com vermelhidão e inchaço local;
  • Liberação de um líquido amarelado ou com sangue, pelas feridas na pele;
  • Dor ou coceira no local da ferida.

O diagnóstico da berne em humanos, geralmente, é feito pelo clínico geral através da observação das feridas na pele.

Tratamento da berne em humanos

O tratamento da berne em humanos deve ser orientado por um clínico geral, mas, normalmente, consiste na retirada da larva do interior da pele com o uso de uma pinça, quando é possível observar a larva, ou através do uso de remédios anti-parasitários, como a Ivermectina, para matar a larva.

Nos casos mais graves, pode ser necessário fazer uma pequena cirurgia para fazer um corte na pele e alargar o orifício, permitindo retirar a larva.

Links úteis:

Mais sobre este assunto: