Berne em Humanos

publicidade

A berne em humanos surge quando a larva da mosca varejeira entra para debaixo da pele, através de feridas ou arranhões, causando o surgimento de uma ferida na pele que pode coçar, provocar dor ou inchaço e vermelhidão na pele.

Geralmente, as larvas surgem no interior da pele dos indivíduos porque a mosca varejeira deposita seus ovos sobre feridas existentes na pele e, ao fim de algum tempo, as larvas nascem e começam a desenvolver-se, alimentando-se da "carne" do indivíduo.

A berne em humanos tem cura e o tratamento deve ser orientado por um clínico geral para remover a larva do interior da pele. Caso a berne em humanos não seja devidamente tratada, pode provocar agravamento dos sintomas, uma vez que a larva é capaz de sobreviver mais de 1 mês dentro da pele do paciente.

Sintomas da berne em humanos

Os sintomas da berne em humanos surgem alguns dias após a infecção pela larva da mosca e incluem:

  • Formação de feridas na pele, com vermelhidão e inchaço local;
  • Liberação de um líquido amarelado ou com sangue, pelas feridas na pele;
  • Dor ou coceira no local da ferida.

O diagnóstico da berne em humanos, geralmente, é feito pelo clínico geral através da observação das feridas na pele.

Tratamento da berne em humanos

O tratamento da berne em humanos deve ser orientado por um clínico geral, mas, normalmente, consiste na retirada da larva do interior da pele com o uso de uma pinça, quando é possível observar a larva, ou através do uso de remédios anti-parasitários, como a Ivermectina, para matar a larva.

Nos casos mais graves, pode ser necessário fazer uma pequena cirurgia para fazer um corte na pele e alargar o orifício, permitindo retirar a larva.

Links úteis:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 21/10/2014 Última atualização da página: 10/09/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.