Antes de engravidar

publicidade

Para que a gravidez seja realmente uma etapa feliz na vida do casal é importante que, pelo menos 4 meses antes de engravidar, o casal consulte um ginecologista.

O médico deverá indicar os exames necessários antes de engravidar, para a mulher e para o homem fazerem, de forma a garantir que a gravidez seja saudável e segura para a mãe e para o bebê.

Como se preparar para engravidar

Para se preparar para engravidar é importante ter alguns cuidados, como, por exemplo:

1. Atualizar a caderneta de vacinação, porque se for necessário tomar algumas vacinas, deve-se esperar cerca de 3 meses para tentar engravidar;

2. Começar a tomar ácido fólico pelo menos 3 meses antes de começar a tentar engravidar, para diminuir o risco de defeitos neurológicos no bebê;

3. Emagrecer antes de engravidar porque mulheres acima do peso, geralmente, têm mais dificuldade para engravidar. Saiba como calcular o seu peso ideal;

4. Adotar uma alimentação equilibrada, pois alguns alimentos ricos em vitamina E e ácido fólico podem ajudar a regular a produção hormonal, facilitando a concepção. Veja quais são os melhores alimentos para engravidar em: Alimentos para aumentar a fertilidade;

5. Diminuir ou deixar de fumar porque a nicotina do cigarro dificulta a maturação e implantação do óvulo, diminuindo as chances de engravidar;

6. Deixar de tomar o anticoncepcional 3 meses antes de começar a tentar engravidar para regularizar o ciclo menstrual. Caso a mãe tenha um bebê pequeno, deve esperar pelo menos 2 anos antes de engravidar novamente, especialmente em caso de cesárea, para o útero recuperar totalmente da cirurgia.

Além destes cuidados, não é recomendável pintar o cabelo, fazer escova progressiva ou outro tratamento com produtos químicos antes de engravidar, pois eles podem conter, além do formol, outras substâncias tóxicas que podem prejudicar a concepção.

Exames para fazer antes de engravidar

O casal deve fazer alguns exames no mínimo 3 meses antes de começar as tentativas para engravidar, que incluem exame de sangue completo, exame de urina, exame de fezes e exames sorológicos para citomegalovírus, rubéola, toxoplasmose, sífilis, hepatite B e AIDS.

Além disso, a mulher deve ainda fazer um papanicolau e ultrassom para checar a sua saúde ginecológica e o homem um espermograma, para avaliar a eficiência e quantidade dos espermatozoides.

Caso a futura mãe ou pai tenham histórico familiar de malformações genéticas ou se o casal tiver um nível de parentesco próximo, como ocorre quando se trata de casamento entre primos, o casal deve ainda fazer exames genéticos específicos.

Se gostou desta informação, leia também:

publicidade
publicidade