Ansiedade engorda

publicidade

A ansiedade engorda porque quando o indivíduo fica ansioso o organismo libera maiores quantidades dos hormônios adrenalina e cortisol, que leva ao aumento do acumulo de gordura na barriga e diminui o volume dos músculos, fazendo com que o indivíduo pareça estar ainda mais gordo.

Outra situação que pode levar o indivíduo a engordar quando fica ansioso é o aumento do consumo de alimentos calóricos, ricos em açúcar ou em gordura. Ao ficar ansioso, o cérebro do indivíduo faz com que haja um certo aumento do apetite para este tipo de alimento, como uma forma rápida de sentir prazer, o que funciona a curto prazo, mas depois é comum que o indivíduo sinta-se culpado.

Sinais de aumento de peso relacionado ao stress e ansiedade são:

  • Maior concentração de gordura na barriga, coxas e braços,
  • depressão, fome compulsiva à noite e
  • aumento do peso após algum trauma, como separação, morte de parente próximo ou desemprego, por exemplo.

Remédio para ansiedade engorda?

Os remédios para ansiedade podem engordar pois eles podem ter como efeito colateral o aumento da ansiedade fazendo com que o indivíduo prefira alimentos que engordam como doces e fast food. Contudo, este efeito colateral não é observado em todos e em alguns indivíduos não há aumento de peso.

Como vencer a ansiedade e emagrecer

Para vencer a ansiedade e emagrecer sugere-se a prática regular de exercícios físicos. Os exercícios liberam endorfinas na corrente sanguínea conferindo uma sensação de bem estar e de prazer.

Em caso de ansiedade generalizada deve-se ter um bom acompanhamento médico para que ele receite medicamentos que sejam capazes de trazer alívio dos sintomas, com o mínimo de efeitos colaterais, e, em muitos casos, o acompanhamento de um psicólogo é eficaz.

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 23/07/2014 Última atualização da página: 25/08/2013
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.