Anel Vaginal

O anel vaginal é um método contraceptivo que tem a forma de um anel de silicone, flexível e transparente, com cerca de 5 centímetros de diâmetro, que impede a ovulação e a concepção através da liberação de hormônios.

O anel anticoncepcional deve ser inserido uma vez por mês e tem uma eficácia alta, de cerca de 99,7%, quando usado corretamente, sem atrasos nem falhas.

O anel vaginal adapta-se aos contornos da região íntima feminina, posicionando-se de forma fácil numa porção menos sensível da região, conferindo total conforto para a mulher, inclusive durante o contato íntimo.

O anel vaginal Nuvaring é o mais usado, mas existem outras marcas à venda nas farmácias.

Preço do anel vaginal

O preço do anel vaginal varia entre 43 a 62 reais.

Como funciona o anel vaginal

O anel vaginal, quando colocado dentro da vagina, libera continuamente pequenas doses de hormônios que são absorvidos pelo organismo, impedindo a ovulação e evitando a concepção, como mostra a imagem.

Como colocar o anel vaginal

Para colocar o anel vaginal, espere que chegue o primeiro dia da menstruação e depois siga as seguintes instruções.

Dobre o anel vaginal com o dedo polegar e indicador e introduza-o no início da vagina, empurrando-o para ficar corretamente colocado, como mostra a imagem.

Depois de inserido, o anel vaginal deve ser retirado após 3 semanas para ser novamente colocado 1 semana depois. Nesta pausa, a menstruação, geralmente, aparece. Por exemplo, se colocar o anel vaginal em uma segunda-feira, às 21h, deve retirá-lo três semanas depois, em uma segunda-feira, na mesma hora, voltando a colocar o anel na segunda-feira seguinte, às 21h.

Para retirar o anel vaginal, introduza o dedo indicador na vagina e quando sentir o anel, puxe-o para fora em forma de gancho.

Vantagens e desvantagens do anel vaginal

As vantagens do anel vaginal incluem:

  • Não interfere na relação sexual e, geralmente, a mulher não o sente, quando colocado corretamente;
  • Só precisa de se preocupar em colocar o anel 1 vez por mês, não todos os dias como a pílula anticoncepcional;
  • Torna os períodos menstruais mais regulares e diminui as dores menstruais;
  • Se o anel vaginal sair, pode voltar a colocá-lo até 3 horas depois da sua saída. Basta lavar com água fria que ele mantém a eficácia;
  • Tem efeitos colaterais reduzidos;
  • Mantém a eficácia se tiver diarreia ou vômitos;
  • Já existem aplicações e sites que a lembram quando deve remover e inserir o anel vaginal.

Por outro lado, as desvantagens do anel anticoncepcional podem incluir:

  • Provoca efeitos colaterais, como aumento de peso, acne, alterações de humor, dores nos seios, dores de cabeça, náuseas, sangramento vaginal e expulsão natural do anel;
  • Não é indicado nas mulheres com problemas de fígado, câncer de mama ou do aparelho reprodutor, epiléticas, hipertensas, diabéticas, obesas, alérgicas a um dos componentes, imunodeprimidas, que não possam tomar a pílula por alguma razão e que estejam amamentando.
  • Não protege contra as doenças sexualmente transmissíveis;
  • Se o anel sair por mais de 3 horas, pode colocá-lo novamente depois de passar por água fria, mas deve utilizar outro método contraceptivo, como o preservativo, durante 7 dias porque a eficácia pode estar diminuída;
  • Se comprar anéis vaginais para vários meses, deve mantê-los na geladeira;
  • Quando os anéis não são armazenados corretamente, expiram após quatro meses.

O anel contraceptivo deve ser prescrito pelo médico ginecologista depois dele avaliar o seu histórico de saúde.

Links úteis:

Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.