Alergia alimentar

PUBLICIDADE

A alergia alimentar é uma reação alérgica a algum componente presente num determinado alimento e, em geral, tem início na infância, poendo surgir mais facilmente em indivíduos que tenham histórico familiar de qualquer tipo de alergia, como rinite alérgica ou asma, por exemplo.

Além disso, é comum que crianças com alergia alimentar apresentem também outras doenças alérgicas à medida que crescem e, por isso, é importante consultar regularmente o pediatra para avaliar os vários tipos de alergia para fazer o tratamento adequado.

Assim, para confirmar a alergia alimentar é necessário consultar um alergologista para fazer testes cutâneos ou de provação oral para identificar a substância que provoca alergia, sendo possível saber que tipo de alimentos se deve evitar.

Sintomas de alergia alimentar

Os principais sintomas de alergia alimentar incluem:

  • Urticária por todo o corpo ou localizada em uma região;
  • Inchaço do rosto, especialmente dos lábios e língua;
  • Dificuldade para respirar;
  • Náuseas, vômitos ou diarreia frequentes;
  • Dor de cabeça.

Estes sintomas surgem, geralmente, até 2 horas após ingerir o alimento que causa alergia, e podem ser mais intensos quanto maiores foram as quantidades consumidas. Veja também: Sintomas de alergia alimentar.

O que tomar para alergia alimentar

Durante um episódio de alergia alimentar é recomendado tomar um anti-histamínico, como Desloratadina ou Cetirizina, receitado pelo alergologista de forma a aliviar os sintomas como inchaço do rosto e coceira. Porém, quando os sintomas são muito severos e provocam dificuldades em respirar é necessário ir imediatamente ao pronto socorro.

Além disso, o tratamento para alergia alimentar também deve ser feito com a exclusão do alimento que provoca alergia,da alimentação do indivíduo por toda a vida. O que quer dizer que, se por exemplo, o indivíduo tem alergia a ovo ele não poderá comer nenhum alimento que seja preparado com ovo como bolo ou empanados, por exemplo.

Saiba mais sobre como tratar este tipo de alergia em: Tratamento para alergia alimentar.

Principais causas da alergia alimentar

Os principais alimentos que podem provocam alergia são leite, ovo, amendoim, soja, trigo, peixe, nozes e mariscos pois são alimentos que têm proteínas que podem reagir com o organismo, provocando uma resposta imunológica imediata. Outros alimentos que também podem provocar alergia são morango, kiwi, tomate, frutos do mar, ervilha, lentilha, feijão, soja, avelã ou castanha-do-pará, por exemplo.

Testes para alergia alimentar

Para identificar a causa específica da alergia alimentar existem alguns testes que podem ser utilizados, como:

  • Fazer um diário de alimentação: deve-se anotar todas as refeições feitas durante o dia para tentar relacionar o surgimento dos sintomas com algum alimentos específico;
  • Eliminar alimentos da alimentação: é um dos testes de alergia mais utilizados e consiste em eliminar gradualmente alguns alimentos da alimentação para identificar qual o que está causando a alergia;
  • Picadas na pele: é colocada uma pequena quantidade da substância na pele com a ajuda de uma agulha e depois observa-se se surge algum tipo de urticária no local;

Além disso, também pode ser utilizado o exame de sangue, no qual é analisada a presença anticorpos IgE na corrente sanguínea para confirmar a alergia alimentar. No entanto, este teste é menos específico para identificar qual a substância que está provocando a alergia.

Veja alguns exemplos de alergia e como evitar:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE