Alergia alimentar

publicidade

Alergia alimentar é uma reação alérgica a algum componente presente num determinado alimento. Em geral ela tem início na infância, e ocorre mais facilmente em indivíduos cuja família possua casos de alergia como a rinite alérgica ou asma, por exemplo. É comum que crianças com alergia alimentar apresentem também outras doenças alérgicas à medida que crescem e por isso é importante permanecer atento.

Sintomas da alergia alimentar

Os sintomas da alergia alimentar podem ser

  • placas vermelhas ou erupção cutânea que pode ser generalizada ou localizada;
  • inchaço dos lábios e da língua;
  • dificuldade respiratória;
  • náusea, vômito ou diarreia;
  • enxaqueca.

Fotos de alergia alimentar

O que causa alergia alimentar?

Saber o que causa alergia alimentar é importante para evitar o consumo deste alimento por toda a vida, já que esta condição não tem cura. Os alimentos que mais facilmente provocam alergia são: leite, ovo, amendoim, soja, trigo, nozes e mariscos. E é muito comum que indivíduos que têm alergia a algum determinado alimento também tenha alergia a outros, como mostra a tabela:

Alérgeno Risco de reação alérgica também a:
Amendoim Ervilha, lentilha, feijão, soja
Nozes Castanha do pará, avelã
Salmão Peixe-espada, linguado
Camarão Caranguejo, lagosta 
Trigo Centeio, cevada 
leite de vacaCarne (bovina), leite de cabra
PólenMaçã, pêssego, melão 
LátexKiwi, banana, abacate

Diagnóstico de alergia alimentar

O diagnóstico da alergia alimentar pode ser feito com o teste cutâneo ou com os testes de provação oral de pequenas doses do alimento.

Tratamento para alergia alimentar

O tratamento para alergia alimentar deve ser feito com a exclusão do alimento que provoca alergia da alimentação do indivíduo por toda a vida. O que quer dizer que, se por exemplo o indivíduo têm alergia a ovo ele não poderá comer nenhum alimento que seja preparado com ovo como pão ou bolo, por exemplo.

Além da interrupção do alimento envolvido, o tratamento deve estar voltado para o alívio do sintoma desencadeado pela alergia alimentar, o que pode ser feito com a toma de um anti-histamínico. Os casos mais graves deverão ser mantidos sob observação contínua até o alívio dos sintomas, em contrário deverão ser hospitalizados.

Referência Bibliográfica:

PEREIRA, A.C.S; MOURA, S.M.; CONSTANT, P.B.L. Alergia alimentar: sistema imunológico e principais alimentos envolvidos. Acesso em Abril, 2013.

Links úteis:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 21/10/2014 Última atualização da página: 11/04/2013
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.