3 passos para se conviver melhor com a doença

publicidade

Para se conviver melhor com a doença existem certas atitudes físicas, mentais e emocionais que podem ajudar a enfrentá-la. Assim, 3 passos para se conviver melhor com a doença podem ser:

1. Acostumar-se com a doença

Acostumar-se com a doença pode ser o primeiro passo para se aprender a conviver com ela. Por vezes, o medo que se tem do que a doença pode trazer é assustador, por isso, saber o que está acontecendo e quais os tratamentos disponíveis podem ajudar a traçar estratégias para enfrentar o problema.

Desta forma, algumas estratégias para se acostumar com a doença incluem aprender tudo o que se puder sobre ela, quer pesquisando em livros ou na internet, quer perguntando ao médico ou a outras pessoas que também têm a doença, pois até se pode descobrir que a doença não é tão ruim quanto se achava.

A coleta de informações sobre a doença é uma parte importante do processo de aceitação, pois ajuda a entendê-la, a encará-la do ângulo certo, a aceitá-la no dia a dia e a aceitar que a vida mudou, mas que não acabou.

2. Encontrar o equilíbrio

Encontrar o equilíbrio é fundamental após aceitar a doença. A doença pode comprometer as capacidades físicas, mas é importante recordar das capacidades mentais e emocionais que não foram afetadas. Por exemplo, pode não conseguir mexer um braço, mas ainda é capaz de pensar, organizar, escutar, preocupar, sorrir e ser amigo.

Embora a doença possa mudar a maior parte das circunstâncias da vida, não é ela quem decide como reagir a elas. Assim, não importa o que a doença imponha, o mais importante é como reage a isso, encontrando o equilíbrio certo.

3. Recuperar o controle

O terceiro passo, recuperar o controle, está relacionado com além de descobrir o que não se pode mais fazer, determinar o que ainda se pode fazer, mesmo que se tenha de fazer de maneira diferente. Estabelecer metas razoáveis e que se possam atingir irá dar uma sensação de realização e ajudar a restaurar a autoconfiança.

Outra estratégia importante para recuperar o controle é não perder o contato com os outros. No entanto, as visitas que se recebe não devem ser só para se falar da doença, por isso, é importante traçar um limite de tempo para se falar dela, falando-se na maior parte do tempo de outras coisas.

Reduzir o estresse também é outra estratégia para lidar melhor com a doença. Desta forma, é fundamental não viver voltado só para a doença, mas se dar uma folga e fazer outras coisas que antes fazia e que gostava, como ouvir música, ler um livro, tomar um banho relaxante, escrever cartas ou poesias, pintar, tocar um instrumento musical, conversar com um bom amigo ou participar em outras atividades. Isto não será a solução definitiva para o problema, mas irá trazer um alívio temporário.

Aprender a conviver com a doença é um processo demorado, por isso, mesmo com estes 3 passos para se conviver com a doença, pode haver dias ou semanas difíceis. No entanto, com o passar do tempo, as melhoras serão visíveis e já não será tão difícil conviver com a doença.

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 21/10/2014 Última atualização da página: 23/04/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.